i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Parceria

MP quer acordo com Google contra crimes no Orkut

  • PorGlobo Online
  • 10/03/2006 17:08

O Ministério Público Federal de São Paulo apresentou nesta sexta-feira aos responsáveis pelo Google no Brasil um termo de cooperação para coibir crimes praticados por meio do site de relacionamento Orkut. O mesmo termo já foi assinado por grandes provedores brasileiros, que se comprometem a tirar do ar, mas conservar as provas, páginas usadas para distribuição de pornografia infantil, tráfico de entorpecentes e crimes de ódio, como racismo.

De acordo com o procurador da República, Sérgio Suiama, os representantes do Google foram intimados pelo Ministério Público a prestar esclarecimentos, na tarde desta sexta-feira, sobre esses tipos de crime porque não respondiam as tentativas de contato. Segundo Suiama, foi mostrado à empresa um relatório detalhado de vários crimes cometidos por meio do Orkut. O relatório foi preparado pela ONG Safernet.

- Lembrei ao diretor-geral da Google, Alexandre Hohagen, que ele pode ser responsabilizado civil e criminalmente pelos crimes, por hospedar páginas com pornografia infantil, racistas, entre outros - afirma Suiama.

O procurador afirma que a empresa pediu alguns dias para consultar a matriz, nos Estados Unidos, e dizer se aceita assinar o termo de cooperação.

- A maioria dos usuários do Orkut é brasileira e acredito que a empresa deve ter responsabilidade social com o país. De qualquer forma, se a empresa não se manifestar em uma semana, vamos pedir à Justiça a quebra de sigilo dos autores das páginas denunciadas - afirma Suiama.

O Orkut mantém um serviço de denúncia para páginas fantasmas e criminosas. De acordo com a empresa, ao ser denunciada, a página é tirada do ar. O Ministério Público entrou em acordo com a Safernet, para que a ONG recolha as denúncias de crimes ocorridos por meio da internet. O endereço para denúncia é www.denunciar.org.br.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.