i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Apple

Nova versão do iOS aposenta a fita métrica e promete deixar iPhones antigos mais rápidos

Com menos novidades que em versões anteriores, iOS 12 foca em melhorar a experiência nos iPhones que já estão no mercado

  • PorRodrigo Ghedin
  • 04/06/2018 15:18
Relatório de uso do iOS 12. | Apple/Divulgação
Relatório de uso do iOS 12.| Foto: Apple/Divulgação

Como tradicionalmente faz, a Apple escolheu a abertura do Worldwide Developes Conference (WWDC), sua conferência anual para desenvolvedores, para mostrar os primeiros detalhes da nova versão do iOS nesta segunda-feira (4). Em 2018, isso significa o iOS 12 para iPhone e iPad. Entre outras novidades, está um novo aplicativo padrão que mede objetos reais usando realidade aumentada.

O app, chamado ”Measure” (na versão em inglês), usa a câmera e todos os sensores do iPhone para “desenhar” na tela fitas métricas precisas. Além do comprimento, o aplicativo também consegue determinar o volume de objetos. Tudo isso é potencializado pelo ARKit, uma base de software que habilita o iPhone (modelo 6 e posteriores) a rodar aplicações de realidade aumentada com relativa facilidade.

É a primeira aplicação em realidade aumentada da própria Apple. Em 2017, quando anunciou o ARKit, a empresa confiou o desenvolvimento de apps de realidade aumentada a terceiros. Apps que simulam fitas métricas e outros equipamentos do gênero foram desenvolvidos, a maioria paga ou com anúncios — e, agora, devem ser soterrados pela presença do app nativo.

Mais velocidade e apps padrões renovados

A primeira novidade anunciada pela Apple para o iOS 12 foi velocidade. Relatos de fontes anônimas próximas à empresa apontavam que a empresa reduziu as novidades previstas para esta versão a fim de otimizar o sistema para iPhones antigos. Esse movimento seria uma resposta às críticas desencadeadas pelo iOS 11 e, principalmente, pelo escândalo da redução de desempenho em iPhones 6 e 6s em decorrência da degradação da bateria, em dezembro passado.

Segundo a Apple, ações recorrentes como abrir apps, revelar o teclado virtual e ativar a câmera ficarão até 70% mais rápidas em modelos antigos, como o iPhone 6, com a nova versão do iOS.

Alguns apps padrões, como o de ações da Bolsa e o Fotos, foram reformulados ou ganharam novos recursos. O Bolsa agora busca notícias relacionadas às ações que o usuário acompanha, extraídas do Apple News (este app não está disponível no Brasil). Já o Fotos, consegue fazer buscas por eventos pré-definidos pela Apple e facilita o compartilhamento de fotos de um evento entre pessoas.

Relatórios de uso, notificações melhores e emojis

Seguindo uma tendência da indústria, o iOS 12 traz uma nova ferramenta que analisa e informa ao usuário como ele está usando o iPhone e/ou iPad. A exemplo da ferramenta do Android P, a do iOS 12 também permite estipular limitações diárias para apps específicos — limitar o Instagram a uma hora por dia, por exemplo. Para crianças, a Apple aperfeiçoou os controles parentais; será possível limitar apps ou categorias de apps, o que permite excluir, por exemplo, apps educacionais dos limites impostos ao uso do smartphone ou tablete.

Melhorias nas notificações.Apple/Divulgação

A novidade que mais ressoou entre os presentes no auditório foi o agrupamento de notificações (imagem acima), algo que o Android faz há vários anos e sempre foi um alvo de críticas dos usuários do iOS. Nesse setor, o iOS 12 também trará um bloqueio de notificações noturno (elas não aparecerão na tela de bloqueio até o amanhecer) e um contador regressivo para o modo Não Perturbe.

A Apple também anunciou um novo tipo de emoji. Chama Memoji e é baseado no usuário — da mesma forma que os ARmojis da Samsung. Além de um design mais detalhado, que segue o padrão de emojis do iOS, ele também funciona em tempo real na câmera.

Por fim, o FaceTime agora suporta vídeo chamadas em grupo, inclusive grandes grupos — até 32 pessoas ao mesmo tempo. Figurinhas e Memojis podem ser usados no FaceTime.

O iOS 12 deve ser liberado em setembro. Ele será compatível com os mesmos dispositivos que receberam o iOS 11, o que significa todos iPhones desde o 5s, de 2013.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.