Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | NubankDivulgação
| Foto: NubankDivulgação

O Nubank passou a monitorar o histórico de localização dos seus clientes para prevenir fraudes nas compras com o cartão de crédito. A empresa anunciou em um e-mail enviado aos clientes nesta semana que alterou a política de privacidade do serviço para coletar dados de geolocalização de seus clientes. A prática já é utilizada por outras empresas, como a Mastercard, e é realizada pelo Nubank desde 7 de agosto. 

Nubank cresce e quer ser mais que um cartão de crédito

Apesar de não ter dado mais detalhes de como funciona o sistema, o Nubank afirma que, ao coletar dados de localização do cliente a qualquer momento, poderá tornar as compras “mais seguras” e também “conhecer melhor o perfil de uso do cliente para ajustar o seu limite [de crédito] no futuro”.

Todo cliente do Nubank que continua a usar o cartão de crédito da empresa concorda automaticamente com essa política de privacidade. Porém, é possível não compartilhar com a empresa suas informações de localização. Para isso, basta alterar a permissão dentro das configurações do aplicativo.

O controle de geolocalização funciona para que as empresas possam checar se o lugar que está feita a compra via cartão de crédito é o mesmo em que o cliente se encontra. Esse controle é feito a partir do GPS dos smartphones, que transferem informações direto para as empresas que possuem o serviço.

O Nubank também vai usar a geolocalização para traçar um perfil de compra do cliente e alterar o limite de crédito do cartão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]