Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Com o objetivo de aumentar sua geração de caixa e reduzir os custos ao longo deste ano, a Oi pretende vender boa parte de suas 7 mil propriedades (entre prédios e terrenos), o que inclui sua sede no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. Bayard Gontijo, presidente da empresa, afirma que “tudo que gerar valor aos acionistas vai ser implementado”. “Se conseguirmos uma autorização da Anatel para monetizar (vender) esses imóveis, reduzir o endividamento e aumentar o investimento, será feito. Não tenho preconceitos”, disse. A Oi ainda quer vender ativos na África, como a fatia que tem na operadora angolana Unitel.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]