Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou "excelente" o resultado das contas do governo central em setembro – R$ 459,1 milhões. "Você antecipou despesa, que pressionou o mês de setembro, mas folgou dezembro", argumentou, referindo-se à antecipação do 13.º salário aos segurados da Previdência. "Então, tem que raciocinar como se esta despesa fosse no final do ano." Segundo ele, o resultado não deve ser comparado com setembro do ano passado, quando o governo teve mais folga orçamentária. Mantega disse que a antecipação do 13.º da Previdência Social significa uma despesa equivalente a 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB). O ministro afirmou ainda que o resultado consolidado das contas públicas, que será divulgado hoje pelo Banco Central, será "satisfatório". Esse dado inclui as contas da União, estados, municípios e empresas estatais, para as quais o governo tem como meta atingir um superávit primário de 4,25% do PIB neste ano. Ele afirmou que, pelos dados que tem recebido, o superávit do setor público até setembro pode ficar um pouco acima da meta para o ano todo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]