Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Petrobras pretende construir um navio com capacidade de 80 mil a 100 mil metros cúbicos para embarcar álcool para o mercado asiático a partir de 2012, afirmou Sillas Oliva Filho, gerente de comércio de álcool e oxigenados da estatal.

A embarcação seria bem maior que as normalmente usadas para transporte de álcool, com capacidade para 15 mil a 20 mil metros cúbicos.

A Petrobras tem planos para exportar 3,5 bilhões de litros de álcool em 2015, quando o combustível renovável deve estar sendo adotado por mais países.

A companhia está empenhada há anos em desenvolver o mercado japonês para o etanol brasileiro, mas a iniciativa ainda não rendeu frutos comerciais.

Oliva Filho ressaltou que o mercado a ser atendido pelo navio não seria apenas o Japão, mas vários países da região.

O navio seria construído no Brasil, disse ele, após participar de um seminário sobre álcool em São Paulo, na noite de terça-feira.

O Brasil é o maior exportador mundial de álcool, com embarques de aproximadamente 3 bilhões de litros este ano.

Oliva Filho afirmou ainda que o alcoolduto que a Petrobras pretende instalar, ligando Goiás ao Estado de São Paulo, deve começar a ser construído no primeiro semestre de 2007.

As obras levarão dois anos e meio para serem concluídas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]