Auditoria se recusou a assinar o balanço da Petrobras por causa das  denúncias de corrupção na companhia. | Ricardo Moraes/Reuters.
Auditoria se recusou a assinar o balanço da Petrobras por causa das denúncias de corrupção na companhia.| Foto: Ricardo Moraes/Reuters.

Apesar de ter adiado a divulgação dos resultados do terceiro trimestre para o dia 12 de dezembro, por conta das denúncias de corrupção, a Petrobras informou nesta sexta-feira (14) que fará conferência com investidores, analistas e imprensa na próxima segunda-feira (17) e pode divulgar resultados mesmo sem auditoria.

A auditoria PricewaterhouseCoopers decidiu não assinar as informações trimestrais do balanço da Petrobras, para esperar a conclusão das investigações que a própria Petrobras está realizando no âmbito da Operação Lava Jato

Em fato relevante divulgado na noite desta quinta-feira (13), a companhia informou que "optou pela divulgação das informações contábeis relativas ao terceiro trimestre de 2014 ainda não revisadas pelos auditores externos de modoa manter o mercado minimamente informado, em respeito ao principio da transparência." Segundo a assessoria de imprensa da estatal, a diretoria da Petrobras prestará informações sobre o terceiro trimestre, o que não invalida a decisão de apenas divulgar os números no próximo mês.

Na noite passada, a Petrobras informou que vai atrasar a divulgação de seus resultados do trimestre passado, cujo o prazo expira nesta sexta-feira (17), para aprofundar as investigações referentes as denúncias de corrupção feitas pelo ex-diretor de Abastecimento na operação Lava Jato da Polícia Federal.

Risco

A estatal "estima" divulgar as informações contábeis no dia 12 de dezembro de 2014. Caso não consiga apresentar os dados até o fim do ano, a empresa pode incorrer na violação dos termos de emissão de seus títulos no exterior.

Segundo nota da empresa, conferência com investidores e analistas será realizada às 11h na segunda-feira (17). Em seguida, às 13h, haverá a entrevista coletiva à imprensa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]