Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Rio de Janeiro (Folhapress) – O presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, afirmou que caso os preços do petróleo se estabilizem no nível atual – mais de US$ 60 por barril – a estatal deverá realizar o reajuste de preços. Apesar disso, Gabrielli disse que ainda é cedo para verificar se a flutuação dos preços do petróleo já configura um novo patamar. A manutenção dos preços da gasolina e do diesel pela estatal tem sido alvo de críticas do órgão regulador do setor. O diretor-geral interino da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, já chegou a afirmar que o preço da gasolina no mercado doméstico está defasado em 30% em relação à cotação do petróleo no mercado internacional. Gabrielli se recusou a comentar as declarações de Haroldo Lima, mas afirmou que a estatal trabalha com a idéia de que a volatilidade dos preços é importante para a demanda.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]