i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Petróleo

Petroleiros fazem manifestação em evento da Petrobras no Estado

  • PorFolhapress
  • 23/07/2013 15:32

O Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte (Sindipetro/RN) bloqueou nesta terça-feira (23) a estrada que liga as cidades de Mossoró (RN) a Areia Branca (RN), em protesto contra a redução das operações da Petrobras no Estado. O protesto acontece um dia depois do Sindipetro/RJ informar à Folha que a estatal está desmobilizando a produção de campos terrestres também nos Estados da Bahia e Espírito Santo.

A Petrobras lançou, em Areia Branca, o programa "Uma terra, duas águas", onde está investindo R$ 200 milhões e que visa construir 20 mil sistemas de captação e armazenamento de água da chuva em 201 municípios do semiárido brasileiro.A expectativa, segundo Dias, era de que a presidente da empresa, Graça Foster, aparecesse no evento. No lugar da executiva foi escalado o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, José Formigli. De acordo com o diretor do Sindipetro/RN foi montada uma "mega estrutura" para receber Graça.

"Estamos lutando contra a desmobilização da Petrobras aqui, ela está tirando do Rio Grande do Norte para investir no pré-sal, voltando ao passado, quando só se investia no Sudeste", denuncia. Segundo Dias, a empresa possuía 14 sondas terrestres de perfuração no Estado e atualmente tem somente duas.

"Quando o Lula assumiu ele investiu muito aqui, mas agora ela (Graça) está desmobilizando tudo e prometendo investimentos que já estavam programados, como o oleoduto, que está velho e precisa ser reformado por exigência ambiental, não é nada novo", explicou Dias.Ele afirmou que desde novembro de 2012 houve uma aceleração da redução de operação da Petrobras no Estado, além da Bahia, norte do Espírito Santo, Ceará e Alagoas, acrescentou.

"Vamos continuar a luta, a Petrobras é uma grande empresa e não tem porque tirar investimentos que estavam sendo feitos", afirmou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.