i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Comércio

Platinox inaugura loja física e planeja lançar e-commerce

Fornecedora de equipamentos e utensílios para cozinhas industriais planeja conquistar consumidor comum e ampliar faturamento em 40%

  • PorLiana Suss
  • 22/01/2015 21:20
Nova estratégia da empresa deve elevar faturamento em até 40%, diz o diretor José Martimiano | Jonathan Campos/ Gazeta do Povo
Nova estratégia da empresa deve elevar faturamento em até 40%, diz o diretor José Martimiano| Foto: Jonathan Campos/ Gazeta do Povo

Futuro

A Platinox surgiu como um braço da Rodriaço, indústria de equipamentos para cozinhas industriais, quando clientes satisfeitos com a eficiência na entrega sugeriram que a empresa vendesse também os utensílios. Com o segmento ainda crescente no país, o plano a longo prazo é criar uma rede de lojas padronizadas e, com a ajuda de investidores, se tornar referência no setor. "A área de gastronomia vem crescendo muito e ainda há pouca concorrência. Nosso sonho é uma grande rede que se pulverize pelo país", explica o diretor José Antonio Martimiano.

Com oito anos de atuação no comércio de equipamentos e utensílios para cozinhas empresariais, a curitibana Platinox decidiu usar seu know how para ampliar o leque de clientes apostando nos principais nichos da gastronomia – profissional, comercial, residencial e gourmet. A empresa investiu R$ 1 milhão na abertura de sua primeira loja física e deve lançar neste ano um e-commerce com previsão de incrementar seu faturamento em até 40%. No último ano, a Platinox registrou faturamento de aproximadamente R$ 25 milhões.

O novo posicionamento foi motivado pelo crescimento sólido da empresa, que vende para cerca de 4 mil restaurantes de todo o país e fatura até R$ 2,5 milhões ao mês com o segmento empresarial. "Com a demanda em larga escala, a loja física e o respeito dos fornecedores, conseguimos preços competitivos que agora queremos repassar para todos os segmentos", diz o diretor José Antonio Martimiano.

Inaugurada em dezembro, no bairro Rebouças, a loja física tem 500 m² de área e oferece mais de 5 mil itens, que vão dos mais simples aos mais requintados, de marcas como Le Creuset, Staub e Arcoroc. A demanda da loja deve ser em torno de 70% para clientes comerciais, incluindo hotéis, empresas, lanchonetes e restaurantes, e 30% para cozinha doméstica e gourmet.

Segundo o diretor, além do ponto bem localizado e com estacionamento, o principal atrativo devem ser os preços. "Há uma elitização das lojas de utensílios, que ficam em shoppings e praticam preços altíssimos. As pessoas se surpreendem com os nossos preços", conta Martimiano. Em 2015, o plano é abrir até três novas unidades.

A loja on-line, com previsão de lançamento entre março e abril, além de incrementar as vendas de utensílios para cozinhas gourmet e residenciais, deve ser uma vitrine de divulgação para promover a loja física. Enquanto o site deve alcançar faturamento mensal de R$ 100 mil, para a loja física a previsão é de uma receita em torno de R$ 800 mil mensais a partir do segundo ano de funcionamento. Juntas, devem ser responsáveis por até 20% da receita total da empresa.

Logística

Uma das grandes prioridades da Platinox é a eficiência na entrega, que conquistou clientes e deve também dar credibilidade à plataforma de vendas on-line. "Um restaurante de grande escala não pode fechar um dia porque não chegou o pedido. Nosso comprometimento com o prazo foi uma alavanca para o crescimento", explica o diretor.

Segundo Martimiano, esse senso de urgência e a qualidade no atendimento já foram interiorizados pela equipe: "Um dia um cliente precisava de uma tevê. Não vendemos televisores, mas demos um jeito e entregamos o aparelho." Ainda neste ano, a empresa deve instalar um novo centro de distribuição.tadmidia src="839020">

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.