Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Economia
  3. Pós e Carreira
  4. Dos 25 melhores CEOs do Brasil em 2017, segundo a Forbes, só um é do Paraná

Carreira 

Dos 25 melhores CEOs do Brasil em 2017, segundo a Forbes, só um é do Paraná

Ao todo foram selecionados 25 executivos que tiveram grande participação no avanço de suas empresas frente as dificuldades no mercado

  • Infomoney
Na foto, Pedro Pullen Parente, presidente da Petrobras, um dos eleitos da Forbes, durante a devolução pela Lava Jato de mais de R$ 200 milhões desviados da estatal por corrupção.  | Henry MilleoGazeta do Povo
Na foto, Pedro Pullen Parente, presidente da Petrobras, um dos eleitos da Forbes, durante a devolução pela Lava Jato de mais de R$ 200 milhões desviados da estatal por corrupção.  Henry MilleoGazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Forbes Brasil divulgou a lista com os melhores presidentes de empresas do país. Ao todo foram selecionados 25 executivos que tiveram grande participação no avanço de suas empresas frente as dificuldades no mercado.

Para a organização da lista, a revista contou com um seleto grupo de consultores e acadêmicos especializados em gestão e negócios, que selecionaram os CEOs dos mais diversos segmentos de atuação no mercado: setor de energia, setor varejista, concessões e transporte, segmento de tecnologia, produção industrial, eletrodomésticos e áreas de atuação diversas.

Do total de executivos, apenas três são mulheres: Paula Bellizia (CEO da Microsoft), Cristina Palmaka (CEO da SAP Brasil) e Chieko Aoki (CEO da rede Blue Tree Hotels). Também entre os selecionados, um é do Paraná: Arthur Grybaum, CEO do Grupo Boticário.

As empresas dos CEOs selecionados chegam a alcançar uma renda bruta de até R$ 282,5 bilhões (Petrobras). Confira, abaixo, a lista completa:

Setor de energia

Pedro Parente – CEO da Petrobras. Receita bruta da empresa: R$ 282,5 bilhões.

Wilson Ferreira Jûnior – CEO da Eletrobras. Receita bruta da empresa: R$ 70,9 bilhões.

Miguel Setas – CEO da EDP Brasil. Receita bruta da empresa: R$ 8,9 bilhões.

Setor varejista

Frederico Trajano – CEO da Magazine Luiza. Receita bruta da empresa: R$ 11,4 bilhões.

Arthur Grybaum – CEO do Boticário. Receita bruta da empresa: R$ 11,4 bilhões.

Alexandre Birman – CEO da Arezzo. Receita bruta da empresa: R$ 1,5 bilhão.

Flávio Rocha – CEO da Riachuello. Receita bruta da empresa: R$ 5,9 bilhões.

José Gallo – CEO da Renner. Receita bruta da empresa: R$ 5,7 bilhões.

Concessões e transporte

Renato do Vale – CEO da CCR. Receita bruta da empresa: R$ 10,5 bilhões.

Sandro Gonzalez – CEO da Transpes. Receita bruta da empresa: R$ 211 milhões.

Segmento de tecnologia

Paula Bellizia – CEO da Microsoft. Receita bruta:  não divulgada.

Cristina Palmaka – CEO da SAP Brasil. Receita bruta: não divulgada.

Fábio Coelho – CEO do Google. Receita bruta: não divulgada.

Laercio Cosentino – CEO da Totvs. Receita bruta da empresa: R$ 2,2 bilhões.

Produção Industrial

Harry Schmelzer Jr. – CEO da Weg. Receita bruta da empresa: R$ 9,4 bilhões.

Marcelo Castelli – CEO da Fibria. Receita bruta da empresa: R$9,6 bilhões.

Eletrodomésticos

João Carlos Brega – CEO da Whirlpool. Receita bruta da empresa: R$ 5,7 bilhões.

Julio Borges Garcia – CEO da Ihara. Receita bruta da empresa: R$ 1,2 bilhões.

Theo Van Der Loo – CEO da Bayer Brasil. Receita bruta da empresa: não divulgada. 

João Campos – Pepsico Brasil. Receita bruta: não divulgada.

Áreas de atuação diversas

Chieko Aoki – CEO da rede Blue Tree Hotels. Receita bruta: não divulgada.

Geraldo França – CEO da Sodexo. Receita bruta: não divulgada.

Fábio Luchetti – CEO da Porto Seguros. Receita bruta da empresa: R$ 16,3 bilhões.

Helio Magalhães – Citi Brasil. Receita bruta da empresa: R$ 4,9 bilhões.

Fábio Venturelli – CEO do Grupo São Martinho. Receita bruta: R$ 3,6 bilhões.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE