Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) en­­cerra hoje o prazo de inscrições para o concurso que oferece 256 vagas em todo o país. Os in­­teressados deverão se inscrever até as 23h59 deste domingo, através do site www.movens.org.br. Será cobrada taxa no va­­lor de R$ 37 para os cargos de nível médio e de R$ 65 para ní­­vel superior, cujos boletos de­­vem ser pagos até 8 de fevereiro.

No ato da inscrição é preciso op­­tar pela classificação local ou na­­cional e pela cidade onde de­­seja realizar as provas. O concurso vai preencher 256 oportunidades distribuídas entre a ca­­pital federal e diversas cidades de todos os estados brasileiros.

Para nível superior completo as vagas são para os cargos de: analista administrativo – nas áreas de administração, biblioteconomia, contabilidade, direito, gestão de pessoas, manutenção predial – e especialista em recursos minerais para as áreas de auditoria externa, desenvolvimento e economia mineral, engenharia de minas, geologia, geologia e mineração, química e tecnologia da informação mineral.

Aqueles que possuem o nível médio completo podem se candidatar às chances de técnico administrativo - divididas entre os setores de administração e contabilidade – e técnico em atividade de mineração, nas especialidades de agrimensura e topografia, geologia e mineração e manutenção de banco de dados.

Salário

A remuneração oferecida aos cargos de nível superior é de R$ 3.058,46, acrescida de gratificação de até R$ 1.785 para analista e de R$ 5.209 para especialista. Para as funções de nível médio o salário inicial é de R$ 1.517,35, com gratificação de até R$ 702 para técnico administrativo e de até R$ 2.249 para técnico em mineração.

Haverá prova objetiva com 40 questões de conhecimentos básicos e específicos, prevista para 7 de março, em locais e horários a serem divulgados a partir de 28 de fevereiro. A prova discursiva será aplicada apenas para os cargos de nível superior. Os exames serão realizados nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]