Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

SÃO FRANCISCO e NOVA YORK - O Google - líder entre as ferramentas de busca na internet e empresa de mídia com maior valor de mercado em todo o mundo - anunciou uma forte alta do lucro e da receita no último trimestre fiscal, superando as previsões dos analistas de Wall Street.

No trimestre encerrado em 30 de setembro, o Google lucrou US$ 381,2 milhões, mais de sete vezes o ganho de US$ 51,98 milhões registrado em igual período do ano passado.

O anúncio do resultado acima do previsto fez as ações do Google dispararem quase 9% na bolsa eletrônica Nasdaq.

- Foi outro trimestre incrível para o Google - disse o analista Jordan Rohan, do RBC Capital Markets.

A companhia, que lançou ações na bolsa em agosto do ano passado e abriu escritório no Brasil em junho deste ano, informou um aumento de receita de 96%, para US$ 1,58 bilhão, contra US$ 805,88 milhões do mesmo trimestre do ano passado.

Analistas previam, em média, receita de US$ 1,46 bilhão. Quase toda a receita do Google vem da venda de propaganda.

O total de custos e despesas foi de US$ 1,05 bilhão, contra US$ 794,77 milhões do mesmo trimestre do ano anterior.

Por conta do balanço favorável, as ações da companhia no after market da Nasdaq subiram 8,54%, para US$ 329,10. Os papéis foram lançados a US$ 95 há 14 meses.

O principal executivo da companhia, Eric Schmidt, declara no balanço divulgado à imprensa, que, apesar de ter se tratado de um trimestre relativamente fraco para empresas de internet, "tivemos outro excepcional trimestre". Segundo o balanço, o salto na receita foi possível pela "contínua expansão" no número de anunciantes globais, além da maior oferta de produtos pela companhia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]