i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Dieese

Preço da cesta básica em Curitiba recua 3,34% em julho

Alimentos com maior variação negativa foram tomate, farinha de trigo, batata e leite. No acumulado de 2011, custo dos produtos básicos na capital paranaense também registra queda, com índice de 2,13%

  • PorGazeta do Povo
  • 04/08/2011 08:49

O preço da cesta básica caiu em Curitiba no mês de julho, de acordo com pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Na capital paranaense, a variação da ração alimentar básica no último mês recuou e fechou com o índice de -3,34%. No acumulado deste ano, entre janeiro e julho, também há queda (-2,13%). No entanto, no índice acumulado dos últimos 12 meses, Curitiba registra alta de 10,49% no preço da cesta básica.

Em Curitiba, o preço da cesta básica em julho foi calculado em R$ 238,77, contra R$ 247,03 do mês de junho. O resultado do preço global da ração alimentar básica se deve às quedas representativas de alguns produtos da cesta básica. Segundo o Dieese, dos 13 produtos consultados, 10 registraram quedas. Os produtos que registraram os recuos mais expressivos no mês de julho foram o tomate (-26,13%), farinha de trigo (-6,17%), batata (-5,73%), leite (-2,45%) e carne (-1,35). Já os alimentos que tiveram alta nos preços foram banana (11,70%), manteiga (3,96%) e pão (0,36%).

Analisando os dados do acumulado deste ano, sete dos 13 itens pesquisados tiveram uma variação negativa. As principais quedas nos preços foram registradas para a banana (-20,76%), feijão (-13,87%) e arroz (-12,07). Entre os alimentos que tiveram alta nos preços, as mais significativas são a do tomate (43,86%), batata (23,33%) e café (13,54%).

Já a variação do preço dos produtos nos últimos doze meses revela que apenas três itens da cesta básica registraram recuo nos preços: batata (-26,37%), arroz (-13,07%) e feijão (-7,61%). As maiores altas foram registradas no tomate (36,67%), óleo de soja (28,17%), banana (16,84%), açúcar (16,57%) e carne (14,55%).

Preço em queda

O preço da cesta básica em queda no mês de julho, além de Curitiba, também foi registrado em outras 13 das 17 capitais pesquisadas mensalmente pelo Dieese. As capitais pesquisadas são Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Natal, Porto Alegre, Manaus, Belém, Salvador, Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Vitória, Aracaju e Goiânia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.