i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
combustíveis

Presidente da Petrobras avisa que ainda não há decisão sobre o preço da gasolina

Pedro Parente lembra que valor pode subir, seguindo cotações

    • Agência O Globo
    • 21/09/2016 15:08
     | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
    | Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

    O presidente da Petrobras, Pedro Parente, informou na manhã desta quarta-feira (21) que não tem decisão alguma neste momento a respeito de redução nos preços da gasolina e do óleo diesel, que estão com valores acima dos praticados no mercado internacional.

    O executivo deixou claro que qualquer mudança só acontecerá após a definição de uma nova política de preços dos combustíveis pela estatal, perspectiva que foi bem recebida pelo mercado.

    “Não há decisão tomada. Estamos definindo como será a nossa política, mas é importante registrar que essa política tem sim como base a paridade internacional. Toda empresa tem que ter a sua margem. Este é um mercado de risco. Temos que levar isso em conta também. Tem muita volatilidade nesse mercado. Quando essa política estiver aprovada, tanto pode ter reduções quando aumentos. Essa é a informação relevante. Não é só numa direção que isso pode funcionar”, explicou Parente.

    E apesar de sinalizar que a companhia estuda uma nova política, ele frisou que não há prazo definido para apresentar essa política de preços. Segundo Parente, para se tomar alguma decisão a respeito, é preciso levar em conta vários fatores, e um deles é a receita da empresa.

    “Mas não é apenas esse (a receita). Há fatores importante como a margem, o market share (participação de mercado), e a combinação desses fatores é que instrumentaliza e forma um processo de decisão.Nós não temos prazo para tomar essa decisão”, afirmou Parente.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.