A Companhia Providência, que tem sede no Paraná, confirmou, em fato relevante, que pretende investir em duas novas linhas de produção de não tecidos, uma nos Estados Unidos e outra no Brasil, com recursos de US$ 120 milhões. Cada linha terá capacidade para 20 mil toneladas. Em maio, em entrevista à Gazeta do Povo, o diretor financeiro, Eduardo Feldmann, já havia anunciado a intenção de instalar mais uma máquina no Brasil. A entrada em operação está prevista para o primeiro semestre de 2012 e elevará em 40% a capacidade instalada da companhia, totalizando 140 mil toneladas por ano. Os dois projetos vão se juntar ao da abertura da primeira fábrica nos EUA, marcada para o início de 2011.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]