Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A queda na produção industrial do Paraná, de 7,2% em agosto ante julho, representou o principal impacto regional para o recuo de 0,1% na indústria nacional no período, segundo observou hoje o técnico da coordenação de indústria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), André Macedo. Segundo ele, a paralisação em uma refinaria local foi a principal influência negativa para a indústria paranaense.

Outros impactos nacionais importantes de queda, pelo peso que exercem em nível nacional, foram dados por Goiás (recuo de 4,8%) Rio Grande do Sul (queda de 4,3%) e Amazonas (baixa de 3,0%). Por outro lado, o principal impacto positivo para a indústria nacional em agosto, ante o mês anterior, foi dado por São Paulo, com alta de 1,3%. Segundo Macedo, a indústria paulista foi influenciada especialmente pela categoria de bens de capital (máquinas e equipamentos).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]