i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
corte

Rebaixamento não muda ajuste em curso, diz Banco Central

BC vê recuperação da economia ‘à frente’

    • Agência O Globo
    • 16/12/2015 13:26

    Após o anúncio do rebaixamento da nota do país pela agência de classificação de risco Fitch, o Banco Central (BC) divulgou nota dizendo que a mudança “não altera o sentido ou a intensidade do ajuste macroeconômico em curso” que, na avaliação da autoridade monetária, “já demonstra resultados concretos”.

    O BC disse que a situação fiscal do país “seguirá avançando” e que “se prevê uma importante desinflação em 2016”, fatores que colaborariam para a “recuperação da atividade econômica em bases sustentáveis à frente”.

    A nota também afirma que o Brasil “possui robustos colchões de liquidez” que atenuariam ajustes nos preços de ativos e que garantiriam uma “sólida posição de liquidez internacional”.

    O banco também afirma que a “expressiva redução no déficit em conta corrente ocorrido em 2015 e a indicação da intensificação dessa tendência em 2016” indicam solidez na situação externa do país.

    Para o BC, o Brasil tem atraído “fluxos revelantes” de investimentos diretos e de carteira, tendência que, diz o banco, vai continuar. E que é esse conjunto de elementos que deixam o país pronto para mudanças nos cenários interno e externo.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.