033307

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Economia
  3. Renner inaugura primeiras lojas de marca exclusiva para roupas plus size

Moda

Renner inaugura primeiras lojas de marca exclusiva para roupas plus size

As inaugurações atendem a uma demanda reprimida de mercado e ao desejo de clientes do e-commerce da rede, que consomem os produtos por meio virtual há dois anos

  • Carol Nery Especial para a Gazeta do Povo
Fachada da prineira loja física da Ashua, no Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre (RS). | Fabiano Lucietto Panizzi
Fachada da prineira loja física da Ashua, no Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre (RS). Fabiano Lucietto Panizzi
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A rede varejista de vestuário Renner inaugurou três lojas físicas da marca Ashua Curve & Plus Size, em setembro. Uma no Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre (RS), e outras duas nos shoppings Anália Franco e Tucuruvi, na cidade de São Paulo (SP). A marca trabalha com roupas femininas, com manequins que vão do 46 ao 54, e começou a operar há dois anos exclusivamente pela internet. A expansão para lojas físicas atende a uma demanda reprimida de mercado.

“Era uma reclamação constante das consumidoras o fato de não ter uma loja física da marca [Ashua]”, revela o diretor de produto da Lojas Renner, Fabio Faccio. A Ashua foi criada, segundo o executivo, para oferecer produtos plus size de melhor qualidade, variedade e design, além de trabalhar com um preço justo. “Desde o início das vendas da Ashua pelo site da Renner, contamos com grupos de clientes para opinar e assim melhorarmos cada vez mais. Ninguém estava atendendo a esta proposta no segmento. Ou o preço estava muito caro ou havia pouca informação de moda e qualidade nas peças. A marca veio para atender a esta necessidade.”

A estimativa é inaugurar novas unidades da Ashua pelo país a partir de 2019. “Primeiro, queremos sentir a aceitação e avaliar os resultados da operação”, diz Faccio. A marca plus size oferece itens de moda casual, urbana e work e tem como público-alvo o mesmo das lojas Renner: mulheres de classes A-, B e C+.

O jeans é uma das apostas da marca, assim como linho, viscose, alfaiataria, brilhos e poás. Este ano, o mix da Ashua ganhou artigos de moda íntima e junto com a inauguração das lojas físicas foi lançada a primeira coleção de moda praia.

Os espaços físicos da Ashua já surgem em um ambiente totalmente omnichannel. Com o serviço de venda móvel, a cliente evita filas e tem a comodidade de pagar em qualquer ponto da loja. Além disso, caso prefira comprar online ou queira algum produto ou tamanho diferente do que encontrou, pode usar o wi-fi disponibilizado livremente para as consumidoras no local, tendo a opção de receber seu pedido em casa ou retirar nos pontos de venda em qualquer loja Renner do país. A cliente ainda pode fazer as compras nas lojas físicas usando o cartão Renner para efetuar o pagamento.

O site agora disponibiliza um provador virtual, que auxilia a compra sugerindo o tamanho mais adequado para cada cliente de acordo com as medidas e formatos do seu corpo. A implantação da ferramenta tem o intuito de deixar a compra mais assertiva, ao direcionar a numeração ideal. A iniciativa tem objetivo de criar maior satisfação e identificação da cliente com a marca, além de oferecer mais comodidade na compra, diminuindo a necessidade de troca.

A ferramenta salva os dados da cliente para uma nova compra, indicando o histórico da última aquisição e permite os dados da compra anterior ou gerar uma nova análise das medidas indicadas. “Queremos avançar cada vez mais num formato de compra omnichannel, pois entendemos o quanto isso enriquece a relação com a marca e torna a compra mais agradável e interativa”, afirma o gerente geral de e-commerce da Lojas Renner, Ronaldo Magalhães.

Categoria plus size corresponde a apenas 3,5% do mercado em vendas

A Ashua chega em um momento no qual a demanda por modelagens maiores está em alta. No país, 54% da população está acima do peso ideal e 18% é obesa, de acordo com o Ministério da Saúde. No segmento de vestuário, porém, a categoria plus size corresponde a apenas 3,5% do mercado em volume de vendas. O segmento teve receita de R$ 7 bilhões no ano passado, segundo a Associação Brasil Plus Size, e projeta chegar a R$ 20 bilhões em cinco anos.

A marca Ashua junta-se ao grupo que inclui, além das lojas Renner, Camicado e Youcom. No primeiro semestre, este trio gerou uma receita líquida de R$ 3,18 bilhões, com expansão de 10,9%. O lucro líquido aumento de 48,2% no período, para R$ 386,2 milhões, segundo dados publicados pelo jornal Valor Econômico em setembro.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE