i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Comércio

São José custou R$ 25 milhões a mais

Primeiro shopping de São José dos Pinhais, que será inaugurado hoje, chega para preencher lacuna na cidade e na região Sul de Curitiba

  • PorIsadora Rupp
  • 24/09/2008 21:34
Fachada do Shopping São José: grandes redes foram chamadas para atrair público local. | Hedeson Alves/Gazeta do Povo
Fachada do Shopping São José: grandes redes foram chamadas para atrair público local.| Foto: Hedeson Alves/Gazeta do Povo
  • Onde fica

Com um investimento de R$ 90 milhões – R$ 25 milhões a mais do que o previsto no início do projeto e financiamento de R$ 30 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – o grupo Soifer Participações inaugura hoje o primeiro shopping center de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O empreendimento, com 150 lojas em 50 mil metros quadrados, deve render ao grupo um faturamento de R$ 8,4 milhões ao mês.

O presidente do grupo, Salomão Soifer, explicou que a alta dos preços na construção civil contribuiu para aumentar os custos do projeto, e por isso o custo final foi maior que o previsto. "Sempre acaba extrapolando. Hoje, para construir um investimento do mesmo porte, em função de todas as crises mundiais, que acabam refletindo no Brasil, gastaríamos 18% a mais."

Soifer explicou ontem que o empreendimento chega para preencher uma lacuna em São José, cidade de alto poder aquisitivo e crescimento econômico expressivo nos últimos anos. Ainda assim, por conta da localização – distante de seus congêneres na capital –, pode atender também à população da região Sul de Curitiba. "O shopping não veio para competir com nenhum outro, e sim para suprir as necessidades de um novo mercado, que é carente de opções e entretenimento."

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), São José dos Pinhais tem uma das rendas mais altas do estado – R$ 677 per capita, considerando a população economicamente ativa (PEA). "Chegamos à conclusão de que São José dos Pinhais tinha pouco conforto e uma demanda alta de consumo, já que a cidade é uma das que mais cresce na região metropolitana", ressaltou Soifer.

Antes de iniciar a obra, o grupo fez uma pesquisa para definir o porte da construção e verificar o público potencial da cidade. O levantamento concluiu que 93% dos moradores acreditavam ser necessário um shopping na cidade, e 67% sugeriram espontaneamente que ele fosse construído na região central.

O projeto foi consolidado depois da resposta positiva das Lojas Americanas. A atenção, de acordo com o presidente do grupo, foi concentrada nas grandes redes para chamar a atenção do público. "As lojas de São José foram as primeiras convidadas. É uma questão de estratégia, já que os lojistas já têm uma clientela consolidada. Demos a preferência, e quem quis vir, veio", disse o presidente.

Cerca de 2 mil empregos foram criados durante a construção do shopping, e outras 300 vagas foram abertas pelas grandes lojas, segundo a Agência do Trabalhador da cidade. O São José terá quatro âncoras – Lojas Americanas, Centauro, Renner e Cinemark.

Soifer afirmou que, por enquanto, ainda não há planos de novos investimentos em cidades da região metropolitana de Curitiba, mas avaliou que essa será uma tendência nos próximos anos. "Esse mercado cresceu muito no país. Em São Paulo, empresários estão levando os empreendimentos para o interior e o mesmo deve acontecer aqui, ainda mais nesse momento, com a melhora do poder aquisitivo no país."

Grupo

O grupo Soifer controla ainda outros quatro shoppings: o Mueller de Curitiba e o de Joinville (SC), o Rio Sul, no Rio de Janeiro, e o Natal Shopping, no Rio Grande do Norte. Conforme adiantou ontem a Gazeta do Povo, o grupo prepara ainda a construção do Pátio Batel, no bairro Batel, em Curitiba, que deverá ficar pronto entre 2011 e 2012. O novo empreendimento terá porte semelhante ao do Mueller, com proposta de atender às classes A e B.

Serviço

A inauguração do Shopping São José ocorre hoje, às 20 horas, para os lojistas. O empreendimento será aberto ao público amanhã, das 10 h às 22 h.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.