Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A queda nos saques do abono salarial em abril, depois de o governo federal atrasar o envio de correspondências aos beneficiários, começou a se recuperar em maio, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O Tesouro tem manobrado as despesas conforme a necessidade da caixa para garantir os resultados fiscais do governo central. Em abril deste ano foram pagos apenas R$ 40 milhões em abono salarial. No mês passado foram sacados R$ 194 milhões. O MTE espera que o volume de saques também cresça em junho, quando termina o prazo para retirar o benefício.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]