Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Bruno Ramos (à esquerda) e Luiz Camões ganharam a ajuda neste ano de um terceiro sócio, o desenvolvedor João Netto | Henry Milléo/Gazeta do Povo
Bruno Ramos (à esquerda) e Luiz Camões ganharam a ajuda neste ano de um terceiro sócio, o desenvolvedor João Netto| Foto: Henry Milléo/Gazeta do Povo

A dificuldade que muitos usuários ainda encontram para formatar o computador, instalar uma impressa ou configurar uma rede de internet comprovou ser uma boa oportunidade de negócio para a startup curitibana Encontre um Nerd. Dez meses depois de “nascer” na esfera virtual, o site de prestação de serviços chamou a atenção de três investidores de São Paulo e Curitiba, que decidiram alocar recursos na plataforma em troca de uma fatia do negócio.

Entre os entusiastas está o site curitibano de e-commerce MuccaShop, que fez um aporte financeiro em troca de 10% do Encontre um Nerd. Foi o primeiro investimento dos fundadores do shopping virtual em uma startup – os empresários criaram a rede social Orelha de Livro e adquiriram há dois anos a loja online Shoes4you.

O valor do investimento na Encontre um Nerd não é divulgado, assim como os aportes feitos pelos investidores-anjo Robson Del Fiol e Vivian Satie, de São Paulo, que receberam uma fatia de 3% da startup. Ao mesmo tempo, os curitibanos foram selecionados para uma aceleração na AceleraTech, em São Paulo – por ali já passaram mais de 36 empresas, que geram hoje mais de R$ 10 milhões em faturamento.

Empurrão

A trajetória do Encontre um Nerd passou por um momento crucial em fevereiro deste ano. A startup participou da Campus Party em São Paulo e foi uma das que se apresentaram em uma sessão de pitchs chamada Conte Sua História, voltada para jovens empreendedores e promovida pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Cada startup tinha apenas três minutos para mostrar seus negócios e conquistar a preferência de um corpo de jurados. Cerca de 200 se cadastraram e 14 tiveram a oportunidade de se apresentarem.

O modelo de negócios do Encontre um Nerd convenceu e a startup venceu na categoria “Estágio de Crescimento”. Após a premiação, os curitibanos estamparam uma reportagem na Rede Globo e, aí, os consumidores – e investidores – passaram a aparecer.

O Encontre um Nerd surfa na onda da chamada “economia compartilhada”, em que plataformas online fazem a intermediação entre usuários com interesse para oferecer serviços e produtos e aqueles dispostos a pagar por isso. O marketplace curitibano cadastra pessoas capacitadas para prestar serviços de informática e aciona esses profissionais quando algum usuário requisita um atendimento pelo site. O pagamento é feito pela plataforma, que fica com 30% do valor.

“Temos agora uma missão bem clara, de construir e qualificar a maior comunidade de TI (Tecnologia da Informação) da América Latina até 2017, e possibilitar a construção de carreira desses profissionais dentro da nossa empresa”, afirma o CEO e fundador do Encontre um Nerd, Bruno Ramos.

Expansão

A ligação da startup com São Paulo não se resume hoje ao processo de aceleração. Depois de um começo difícil em Curitiba, com uma média de 40 atendimentos mensais, o site encontrou fôlego por meio dos novos aportes e passou a funcionar há quatro meses no Rio de Janeiro e na capital paulista, onde de fato emplacou.

Atualmente, a maioria dos 50 prestadores de serviço ativos está em São Paulo – cadastrados, são 4 mil no total – e o número de clientes atendidos nas três cidades gira em torno de 150 a 200 por mês.

Segundo Ramos, a meta é chegar até o fim deste ano com 100 “nerds” ativos e uma média de 1.200 clientes atendidos por mês. A ampliação do número de profissionais parceiros do site se dará por meio de treinamentos e workshops.

“A partir do momento que tivermos 100 profissionais cadastrados, todos vão ser chamados a apadrinhar um nerd, treinando essa pessoa e gerando uma reação em cadeia”, relata o CEO do Encontre um Nerd.

Estrutura

Apesar das viagens frequentes a São Paulo para participar da aceleração, a startup segue sediada em Curitiba. Ramos e o outro sócio do Encontre um Nerd, Luiz Camões, ampliaram recentemente a sociedade com a vinda do desenvolvedor João Netto. A empresa conta ainda com mais dois funcionários.

Site cadastra pessoas capacitadas para prestar serviços de informáticaReprodução
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]