i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Petrobras

Suspensa liminar sobre licitação de propaganda

  • PorO Globo/O Globo Online
  • 16/02/2007 10:39

A Petrobras informou nesta sexta-feira que o Tribunal de Contas da União (TCU) acatou sua argumentação e suspendeu a liminar que impedia o prosseguimento da licitação para escolha das três agências de publicidade que atenderão a conta da estatal.

Em 18 e 22 de janeiro, a Petrobras informa que havia recido cartas do Conselho Executivo de Normas-Padrão (CENP) e da Associação Brasileira de Agências de Propaganda (ABAP), respectivamente, em que manifestavam sua preocupação com a redação da cláusula 2.2.11 da minuta do contrato que será assinado com as agências vencedoras da licitação em pauta.

Depois de analisar o assunto, a Petrobras diz que considerou que a forma como estava redigida a citada cláusula poderia dar a entender que a companhia não estava considerando as regras do CENP e do próprio mercado publicitário.

"Em função disso, procedeu à alteração dentro do prazo legal visando dar mais clareza e precisão aos documentos, a pedido das entidades que representam o setor", diz a estatal em comunicado.

Em 2 de fevereiro, ainda segundo a petrobras, a ABAP já enviara documento agradecendo o atendimento de sua solicitação e ressaltando que "não houve por parte de nenhuma agência de publicidade nossa associada, manifestação de não participação do citado certame em decorrência da existência do referido subitem".

Da mesma forma, em carta de 1º de fevereiro, o CENP manifestou concordância com o procedimento da Petrobras, afirmando que "nos resta agradecer a atenção dispensada e o empenho da Petrobras para com esta entidade e o mercado publicitário".

Assim, a decisão final sobre o mérito da ação que motivara a liminar ainda tenha que ser julgado, a Petrobras informa que no próxima sexta-feira, dia 23 de fevereiro, se reunirá com as agências participantes da licitação para divulgar aquelas que foram habilitadas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.