i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Economia

Agronegócio teme que imagem do governo dificulte negócios no exterior

    • Estadão Conteúdo
    • 21/06/2020 16:56
    Bolsonaro busca apoio no Centrão após ver frustrado o alinhamento automático de blocos parlamentares com o governo
    O presidente Jair Bolsonaro: apoio do agronegócio está rachado| Foto: José Cruz/Agência Brasil

    O agronegócio, que abraçou desde o início a campanha de Jair Bolsonaro (sem partido) à Presidência, começa a rachar. Preocupados com a imagem do setor no exterior, líderes temem que a política do governo prejudique os seus negócios.

    Nas últimas semanas, representantes de peso no setor manifestaram suas inquietações em função de declarações do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na reunião ministerial do dia 22 de abril. No encontro, Salles disse que o governo deveria aproveitar que a mídia estava com a atenção voltada à pandemia do coronavírus para “ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas”.

    Um dos líderes mais influentes no setor, Pedro de Camargo Neto, conselheiro e ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), renunciou ao cargo após a entidade, junto com outras do setor, assinarem um manifesto em apoio ao ministro. Os representantes da agroindústria, sobretudo exportadores, e a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), presidida por Marcello Brito, também decidiram evitar o endosso.

    Segundo o jornal Estado de São paulo, boa parte dos conselheiros da SRB estava a favor de Camargo, mas foi pressionada pela ala bolsonarista da entidade a dar apoio público a Salles. Desde então, a presidente da entidade, Teka Vendramini, está buscando “o caminho do meio” para apaziguar os ânimos em uma das mais antigas associações de classe do setor, fundada em 1919. “A SRB é plural e apoia boas ideias e ações do governo, mas não de forma irrestrita”, disse ela, ao ser procurada pela reportagem.

    Bolsonarista, Nabhan Garcia, secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, minimiza a crise. “Camargo e Brito não representam o agronegócio e atuam como militantes políticos do PSDB”, disse Garcia, que também faz parte da União Democrática Ruralista (UDR).

    Na alta cúpula do Ministério do Meio Ambiente, o racha é contemporizado. “As críticas vêm de fazendeiros da Faria Lima que nunca pisaram no campo”, disse uma fonte próxima a Salles.

    O agronegócio tem sido um dos poucos setores do Brasil que dá certo. Em meio à pandemia, a expectativa é que o PIB do agronegócio passe a responder por 23,6% do total do País - no ano passado, ficou em 21,4%.

    Lideranças do setor já estão se desentendendo desde o ano passado, quando as queimadas avançaram sobre a região da Amazônia e escancararam o desalinhamento entre os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente sobre o tema.

    Entre o fim de março e abril, a situação ficou mais delicada por conta de uma crise diplomática provocada pelas declarações do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, e do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, responsabilizando a China pela pandemia - deixando em lados opostos agricultores e a agroindústria.

    Disputa de espaço no governo

    O risco de perder mercado no exterior, por conta da imagem arranhada do Brasil, colocou em alerta agroindústrias e grandes produtores de grãos no país. Em meio à pandemia do coronavírus, investidores estrangeiros, sobretudo da Europa, ameaçam não comprar produtos brasileiros por conta do alto índice de desmatamento.

    “De fato, tem se instalado no governo uma visão extremamente antiga, que o ministro (Ricardo) Salles representa, de um discurso mais agressivo, que agrada à ala mais radical do governo”, diz o economista José Roberto Mendonça de Barros, sócio da MB Associados.

    Duas agendas diferentes pautam atualmente o agronegócio, de acordo com especialistas ouvidos pelo Estadão. De um lado, uma ala mais “ideológica”, representada pelo ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), e outra que prega conceitos mais liberais e é pragmática, integrada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

    “Aí tem racha mesmo. Não é a única pasta (do governo) em que aparece essa dicotomia. Tem a educação e o comércio exterior. Mas a agricultura é o único segmento da economia que está crescendo. É um embate sério e que pode nos custar bastante”, diz Mendonça de Barros.

    Para Mendonça de Barros, o tema de desburocratização do setor, que deu origem à fala da “boiada” do ministro Salles e gerou a mais recente polêmica no setor, merece atenção, mas não é o principal gargalo.

    “O grosso dos agricultores está mais alinhado com a ministra e o que ela representa. Não precisa queimar um hectare de floresta para aumentar a produção agrícola e atender à demanda crescente aqui e lá fora. A questão da sustentabilidade virou um tema do mundo, não só da Europa”, diz.

    Parte dos agricultores e da agroindústria ouvidas pelo Estadão, sob condição de anonimato, teme que a ministra da Agricultura perca força, por conta da pressão, para a ala "ideológica".

    O secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia, vê exagero nessas preocupações e diz que o Brasil não pode entrar “nas maluquices de ONGs.” Garcia representa uma ala mais alinhada a Bolsonaro.

    Para o presidente da Frente Parlamentar da Agricultura, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), não há agronegócio rachado. Segundo ele, em um setor do tamanho do agro brasileiro, que tem 47 instituições, não há unanimidade. “Tem muito ambientaloide querendo dar uma carga ideológica para este processo. Pode ter discordância em alguns temas, mas não racha.”

    O agro brasileiro, segundo o parlamentar, tem de ser visto daqui para a frente como uma moeda política, assim como o petróleo é para a Arábia Saudita. “Ninguém consegue sentar para discutir segurança alimentar para as próximas duas décadas sem trazer o Brasil para a mesa. Isso incomoda muita gente.”

    Tema caro ao agronegócio, a crise diplomática com a China, principal importador de produtos nacionais, será discutida entre parlamentares e representantes do Instituto Pensar Agro no próximo dia 30. “A China não vai deixar de comprar do Brasil por fuxicos laterais. Se tem de fazer uma crítica a posições de membros do governo à China, vai ser feita de maneira muito clara”, diz Moreira.

    Procurados para comentar o assunto, os ministros da Agricultura, Tereza Cristina, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não retornaram os pedidos de entrevista. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    25 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 25 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    • I

      Izio Machado

      ± 4 dias

      Gazeta do Moro requentando matéria do o Esgotão ..... que feio ...!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • C

      Celito Medeiros

      ± 10 dias

      O Agronegócio no Brasil, de modo geral, nunca dependeu de Governo algum. A linha da Alimentação é apenas a Pecuária, Frangos e Suínos. Já os grãos possuem outras industrializações. Da Soja o básico para alimento humano tem sido o Óleo de Soja, mas possui um número enorme de derivados, como cola, tintas, e outros produtos fora da linha alimentar. E claro, derivados como carne, leite e manteiga de Soja, que não é cultural no Brasil. Rações animais tanto com soja como milho. Nos falta o trigo cuja produção é pequena e importamos da Argentina. Neste quadro alguns Governos ajudaram, abrindo mercado, como ex Ministro Blairo Maggi, e Bolsonaro apenas enfatizou que teremos negócios com todos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • L

      Luzalvo

      ± 10 dias

      Ah tá, matéria do Estadão que a Gazeta reproduz por falta de capacidade para criar pautas autorais. Entendi. Nem li.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • M

      Matraca Trica

      ± 10 dias

      Ué, oa riquinhos do agronegocios e criadores de boi estão com mwda? Quwriam esse capitão no governo agora tomem!!!!!!!!! A China vai diminuir os negócios com o Brasil. Se preparem

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • A

      All Jr

      ± 10 dias

      Gazeta, Gazeta, replicando lixo do Estadão... vcs não aprendem mesmo né?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • C

      CSG

      ± 10 dias

      Não sei se já repararam , mas este governo é só problema. E o gado fica vendo Moinhos de Vento Comunista. Não tem como dar certo. Agora uma coisa é certa, o Agronegócio vai se ferrar com Bolsonaro.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • N

        Nikoski.M.A

        ± 10 dias

        Não seja ****** na frente dos outros, você não faz idéia do que está falando seu nescio...kkkkkkkkkkkkkkk

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • J

      João Mello

      ± 10 dias

      Vivemos em um regime socialista com estado altamente regulador, poder centralizado e com o claro objetivo de causar obstáculos ao setor produtivo. No terreno ambiental proliferam ONGs que respondem mais a interesses de agricultores europeus que a fins ecológicos. Concordo com o ministro Salles, na sua guerra campal pela desregulamentação excessiva que nos impede de crescer.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • J

      julio marcos Correia

      ± 10 dias

      Faz arminha que passa....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • N

      Nico Gavelick

      ± 10 dias

      Salles não falou nada demais. É preciso simplificar regras, sim. Essa preocupação ambientalista da União Europeia é falsa. Eles são extremamente protecionistas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • S

      Sr. Walker

      ± 10 dias

      Esse desgoverno é a própria Gaiola das Loucas piorada um pouquinho. E a Wilma preocupada com o 01, 02 e 03. É muito zero. E ainda conta com o apoio do Recruta Zero.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • T

      Teodoro Jacob Winkler

      ± 10 dias

      Ou o agropecuarista ganancioso pensa que seu netinho querido vai sentar no poleiro de ouro dentro do galinheiro vermelhão que China está construindo na nossa cara.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • T

      Teodoro Jacob Winkler

      ± 10 dias

      Agropecuaristas gananciosos! Enquanto enchem os borras de dinheiro chinês estão preparando escravidão para seus próprios filhos e netos. Quem viver verá. Já está mais do que na hora de interromper a exportação de um único grão de alimentos para esse país demoníaco. O agronegócio sobrevirá sem a China.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • Z

      Zenão

      ± 10 dias

      Bando de reclamações; nunca ganharam tanto dinheiro, tem subsídios, e nada tá bom; reclamem com globo e a "grande" mídia que detonam o próprio país a cada minuto, distorcendo a maioria dos fatos para prejudicar o governo (o país); enquanto vcs só exportam o povo pobre paga o olho da cara no arroz e feijão (ganham de todo lado); criem vergonha e parem de reclamar!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • S

      Sidnei

      ± 10 dias

      A ala do agronegócio brasileiro a favor do Presidente está certa. Os chineses, europeus e todos os negociantes estrangeiros vão usar a política brasileira para forçar preços baixos... o jogo é esse.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • A

      ALEX

      ± 10 dias

      A união Européia vai ser a primeira a criar barreiras sanitárias em relação ao agronegócio. Em seguida vai ser a China aproveitando a onda e conseguindo assim barganhar preço. Ou seja o inferno do Bolsonaro vai começar a parti do momento em que o pessoal do agronegócio começar a ter prejuízo. Daí tchau bozó. O pessoal do agro não é bundão como o empresariado deste país.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • J

      joao carlos scheffer

      ± 11 dias

      Bolsonaro mais 6 anos! Kkkkkkkkkkkkķkkkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • Z

        Zenão

        ± 10 dias

        pra quem aguentou Lula e Dima por 16 anos, que deixaram o pais de joelhos, quebrado, de caneca na mão, fora a corrupção generalizada, tá bom demais; difícil seu ídolo voltar (primeiro vai ter que pagar o que deve pra justiça).

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • A

      Austríaco-PR

      ± 11 dias

      Mendonça? O texto dá como certo o aumento nas queimadas, quando manteve-se na média. O que ocorreu foi a manipulação da informação para prejudicar o governo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • J

      JAMC

      ± 11 dias

      Ele está terminando o serviço do PT , ToperaSONARO!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • L

      Luiz Augusto Ribeiro do Valle

      ± 11 dias

      Que bom que um jornal fora de São Paulo fale no assunto. Gostei da expressão" produtor da faria lima.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • C

      Claudia Beatriz Valerio Nissel

      ± 11 dias

      Este presidente realmente é um insano, está prejudicando o melhor setor do Brasil com este ministro irresponsável e com a fala contra a China

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • P

      Paulista

      ± 11 dias

      "As informações são do jornal O Estado de S. Paulo" Vocês não conseguem produzir nada Gazeta? É sabido que o Estadão só vai dar holofotes à quem for contra o Presidente, o negócio deles é desestabilizar ao máximo a governança, a TETA secou.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • M

      Marcelo

      ± 11 dias

      Esse nosso presidente só tem atrapalhado. Se não fizesse nada, já nos ajudaria muito. Deixa a equipe e o povo trabalhar que damos um exemplo de recuperação ao mundo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • Z

        Zenão

        ± 10 dias

        isso mesmo: quem fez foi Lula e Dilma; ficam por 16 anos e deixaram este país neste maravilha que vivemos; e agora querem que o homem resolva as porcariadas deixadas em 1 ano e meio, com pandemia e tudo; seja responsável; ser petista é uma coisa, incoerente é outra.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]