O tráfego aéreo dentro do Brasil cresceu 20,2% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta segunda-feira (14) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o crescimento é de 29,86%.

A ocupação dos aviões no mercado interno também subiu, atingindo 60,31% em maio, ante 59,19% no mesmo mês de 2009.

Em comunicado, a Anac destacou o avanço da presença de empresas aéreas de menor porte no setor. As quatro companhias aéreas depois da TAM e da Gol alcançaram, juntas, participação de quase 18% do mercado em maio, frente a 12,4% em igual intervalo do ano passado.

A TAM ficou com 40,88% do total de passageiros transportados dentro do país, abaixo dos 44,91% do mesmo mês de 2009; seguida pela Gol, com 40,18% (42,02% em maio de 2009). O dado da TAM não inclui a fatia de 0,16% da empresa aérea regional Pantanal, que foi comprada em dezembro passado.

A WebJet, em terceiro lugar, ficou com 6,26% de market share em maio. A Azul aparece com 5,93% do mercado doméstico e a Avianca, nova marca da OceanAir, chegou a 3,17% de participação no mês passado. A companhia aérea Trip apresentou fatia de 2,53% do mercado brasileiro.

Voos internacionais

A demanda nos voos internacionais operados por companhias aéreas brasileiras - apenas TAM e Gol - apresentou incremento de 21,03% em maio na comparação anual, enquanto de janeiro a maio a alta acumulada foi de 11,69%, segundo a Anac.

Em maio, a TAM ficou com 87,93% dos passageiros que voaram ao exterior, enquanto a Gol apresentou market share de 12,07%.

A ocupação nas aeronaves das companhias aéreas brasileiras no segmento internacional em maio atingiu 74,20%, alta de quase 12 pontos percentuais sobre um ano antes, quando foi de 62,36%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]