Dois trens de carga bateram de frente na manhã desta sexta-feira (31) por volta das 7h45 em um trecho de ferrovia em Cubatão (SP) com operação da MRS Logística. Os trens são da operadora América Latina Logística (ALL). As causas da colisão ainda são apuradas. Os maquinistas de ambas as composições foram levados à Santa Casa de Cubatão (SP), em estado de choque, mas sem ferimentos graves.

Com a batida, cerca de 8 mil litros de óleo de um dos vagões foram derramados, atingindo a Avenida Tancredo de Almeida Neves, na Vila São José, escorrendo por suas galerias pluviais. A via permaneceu interditada até o meio-dia. Técnicos da Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb) e da prefeitura de Cubatão atuaram para conter o vazamento e jogaram serragem na pista.

"A ALL informa que está trabalhando em conjunto com a MRS Logística, concessionária que administra o tráfego no trecho, para apurar as causas do acidente e tomar as providências necessárias a fim de normalizar a situação o mais breve possível", diz a empresa, em nota. A reportagem não conseguiu contato com a MRS até as 13h desta sexta-feira.

Em nota, a MRS afirma que "será conduzida uma investigação mais aprofundada, com a participação das duas ferrovias, como acontece em 100% das ocorrências ferroviárias em nosso trecho. Ainda assim, podemos reportar que a análise inicial dos registros de sinalização e de comunicação no trecho indicou que não houve qualquer anomalia no sistema de controle de tráfego ou na via férrea. Estas são as informações que podemos prestar com segurança e, mais uma vez, serão aprofundadas com o decorrer das investigações."

A MRS diz ainda que "no momento, estamos trabalhando com a ALL e nossas equipes estão focadas no atendimento de emergência e remoção dos veículos da via. As informações oficiais sobre o estado de saúde das pessoas envolvidas deve ser prestada pelas autoridades médicas ou pela própria ALL."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]