i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
aquisição

Três cervejarias mostram interesse sobre mexicana Femsa, diz fontes

Em outubro, a Femsa informou que estava em negociações com várias partes para explorar oportunidades envolvendo seus negócios com cerveja

  • Porreuters
  • 27/11/2009 12:18

Três cervejarias estão interessadas na compra da mexicana Femsa Cerveza, em um leilão de mais 7,5 bilhões de dólares. A SABMiller é considerada como líder na disputa e um acordo pode ser selado em janeiro, afirmaram fontes próximas do assunto nesta sexta-feira.

As cervejarias europeias SABMiller e Heineken estão interessadas em comprar uma das últimas grandes cervejarias de mercados emergentes, enquanto a maior cervejaria do Japão, Kirin, tem feito pedidos de detalhes da mexicana, que foi colocada efetivamente à venda no mês passado.

"Há três grupos olhando para a Femsa. SABMiller e Heineken estão em aprofundadas discussões enquanto a Kirin tem mostrado algum interesse", disse uma fonte próxima da situação.

A cervejaria norte-americana Molson Coors avaliou as operações da Femsa, mas se afastou do negócio, em grande parte refletindo a perda que sofreu na compra da brasileira Kaiser em 2002, que foi então vendida para Femsa em 2006, disseram as fontes.

Em outubro, a Femsa informou que estava em negociações com várias partes para explorar oportunidades envolvendo seus negócios com cerveja. Além disso, a família controladora da empresa já mantinha discussões com a SABMiller, disseram as fontes.

Após a notícia sobre um possível acordo, as ações da Femsa subiam cerca de 4 por cento na bolsa mexicana, para 59,28 pesos. Todas as empresas preferiram não comentar o assunto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.