i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Berlim

Tribunal alemão deve avaliar programa de bônus nesta semana

O presidente do Bundesbank, Jens Weidmann, e o membro alemão do Conselho de Administração do BCE, Jorg Asmussen, devem testemunhar em lados opostos da discussão

  • PorAgência Estado
  • 09/06/2013 12:53

O programa de compra de bônus do Banco Central Europeu (ECB) será analisado pelo Tribunal Constitucional da Alemanha esta semana. Juízes da corte começarão a avaliar se o BCE está ultrapassando os poderes de sua jurisdição.

A audiência no tribunal localizado em Karlsruhe na última terça (4) e quarta-feira (5) será um confronto entre o BCE e os seus críticos alemães, incluindo o Bundesbank, o banco central da Alemanha. O presidente do Bundesbank, Jens Weidmann, e o membro alemão do Conselho de Administração do BCE, Jorg Asmussen, devem testemunhar em lados opostos da discussão.

O Bundesbank não está entre os autores da ação, mas foi convidado a fornecer um testemunho de especialista. Weidmann tem criticado a compra de títulos pelo BCE. Segundo ele, a política se aproxima de um financiamento a governos com impressão de moeda, criando riscos de desregramento fiscal e inflação.

Debate

A questão legal para o tribunal é se o parlamento da Alemanha ainda tem controle sobre a exposição do país a riscos financeiros criados por operações de resgate a países da zona do euro. Os autores da ação, um grupo de políticos, advogados e cidadãos alemães, argumentam que o BCE está criando riscos para os contribuintes alemães que seus representantes eleitos não podem controlar. A decisão não deve sair antes das eleições alemãs, em setembro. Mas as linhas de questionamento dos juízes esta semana poderiam fornecer pistas sobre como eles enxergam a questão.

Intervenção

O tribunal alemão não tem jurisdição sobre o BCE e não pode forçá-lo a cancelar seu programa de compra de títulos. Mas, se ele determinar que a política é incompatível com a constituição da Alemanha, isso poderia criar uma grande dor de cabeça política para a chanceler alemã, Angela Merkel, que apoia o programa, apesar das críticas do Bundesbank. Fonte: Dow Jones Newswires.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.