Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Veja a lista dos 20 modelos de carro mais vendidos no Brasil em 2008 |
Veja a lista dos 20 modelos de carro mais vendidos no Brasil em 2008| Foto:

As reduções de impostos deram um alento a montadoras e concessionárias no último mês de 2008, mas não foram suficientes para que o mercado automobilístico retornasse aos patamares anteriores à crise internacional.

Após caírem com força em outubro e novembro, as vendas de automóveis subiram 10,6% em dezembro em todo o país, somando 184 mil unidades. Ainda assim, ficaram 20,5% abaixo das verificadas em dezembro de 2007, e foram 28% menores que as de setembro passado.

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), as vendas reagiram bem à queda das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nas vendas de carros e do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos financiamentos. Sérgio Reze, presidente da Fenabrave, disse ontem que a baixa dos impostos conteve a queda nas vendas, mas não resolveu o problema. "Ainda temos uma recusa cadastral muito elevada, assim como os juros altos."

No acumulado do ano, foram vendidos 2,671 milhões de carros em todo o país, com alta de 14,1% sobre 2007. Apesar do recorde histórico, o mercado não alcançou a projeção inicial de uma expansão de 20%. Para 2009, a Fenabrave prevê avanço de 3%. "Se a economia não tiver nenhum novo abalo e se não tivermos um movimento maior de demissões, acredito que o setor poderá evoluir", disse Reze.

Prestadores de serviço das montadoras confirmam que o movimento atual é melhor que o de outubro e novembro, mas permanece abaixo do visto antes da crise. "Até setembro, transportávamos de 8 mil a 8,5 mil carros por mês. Em outubro e novembro, o número caiu pela metade. A situação melhorou depois, mas acho que ainda demora dois ou três meses até voltar ao que era", conta Antônio Carlos da Silva, coordenador em São José dos Pinhais e Paranaguá da Tegma, transportadora de veículos das fábricas da Volks e da Renault.

Paraná

Em dezembro, as concessionárias paranaenses venderam 14,1 mil automóveis – 10,7% a mais que em novembro, mas 28,7% a menos que em dezembro de 2007. Em todo o ano, as vendas somaram 216,2 mil unidades, com alta de 6,4% – expansão inferior à da média nacional (14,1%).

* * * * * *

Interatividade

Você antecipou a compra do carro novo por causa da redução nos impostos em dezembro?

Escreva para leitor@gazetadopovo.com.br ou comente abaixo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]