Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
warren-buffett-compra-acoes-amazon
O investidor bilionário Warren Buffett. (Foto: ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)| Foto:

Warren Buffett disse que ele subestimou a Amazon de Jeff Bezos. A Berkshire Hathaway vem comprando ações da companhia e as aquisições devem aparecer em um relatório no fim deste mês de maio, informou o investidor bilionário em entrevista à emissora norte-americana CNBC na quinta-feira (2) à noite.

Buffett, que é presidente e CEO da Berkshirer, disse que "um dos colegas no escritório que gerencia o dinheiro" fez as aquisições", em uma referência aos gerentes de investimentos da empresa Todd Combs e Ted Weschler.

Os dois ganharam influência na Berkshire nos últimos anos. Segundo Buffett, dois executivos foram responsáveis por adquirir papeis no setor aéreo e também Apple In. e também vêm ajudando a Berkshire indo além da tarefa de escolher ações.

Buffett, com 88 anos de idade, e seu parceiro de negócios de longa data, Charles Munger, de 95 anos, elogiaram a dupla de gerentes. Munger se referiu a eles como "os olhos mais jovens" da Berkshire.

Uma participação na Amazon fortalece ainda mais o relacionamento entre a Berkshire e a empresa de Bezos. A Berkshire é parceira da Amazon e o banco JPMorgan Chase em um empreendimento de saúde. As empresas estão montando uma organização independente para oferecer serviços de saúde aos seus funcionários de forma mais transparente e com menor custo.

As ações da Amazon, que subiram 27% este ano até o fechamento de quinta-feira, sobem mais 2,1% no pré-mercado de ações em Nova York desta sexta-feira (3).

Buffett disse na entrevista à CNBC que ele sempre foi "um fã" da gigante do varejo on-line e "um idiota por não ter comprado" ações no passado. Ele falava antes à emissora sobre a reunião anual de acionistas da Berkshire, marcada para este sábado (4), em Omaha, Nebraska.

Ao longo do anos, o que Buffett evitou foram justamente ações ligada à tecnologia. Ele dizia não entender suficientemente os produtos e o mercado para isso. Uma exceção foi a International Business Machines Corp, a IBM. Seus US$ 10 bilhões de investimento na gigante de computadores em 2011 foi uma ação inusitada para Berkshire, e não acabou bem. Depois de sofrer perdas, Buffett vendeu  quase todas as ações da IBM até 2018.

Ainda em 2016, a Berkshire apostou na Apple e construiu sua participação na fabricante do iPhone com uma holding avaliada em mais de US$ 50 bilhão. Importante: Buffett comprou ações da Apple e da Amazon quando elas não estavam no seu preço mais baixo. Mas valeu a pena. Na quinta-feira (2), as ações Amazon fecharam cotadas a US$ 1.900,82 e as da Apple, em US$ 209,15 - já em 2018, o retorno sobre o investimento feito dois anos antes na empresa compensaram.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]