Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Acordo Western Digital e Hitachi | Foto: Kim Kyung-Hoon/Reuters
Acordo Western Digital e Hitachi| Foto: Foto: Kim Kyung-Hoon/Reuters

A aquisição da divisão de discos rígidos da Hitachi pela Western Digital, por US$ 4,3 bilhões, vai pôr fim a uma guerra de preços que vem reduzindo as margens de lucros do segmento e criar uma líder mundial dotada dos recursos necessários para desenvolver tecnologias de armazenagem de dados de próxima geração.A maior transação realizada no setor de tecnologia até agora este ano coroa anos de consolidação em um setor pressionado por uma redução persistente no crescimento de vendas e que enfrenta ameaça no longo prazo de aparelhos sem fios como iPad da Apple.

A operação entre a segunda e a terceira maiores companhias do setor reduzirá a capacidade excedente de produção da indústria ajudando a conter queda nos preços dos produtos.

"A Hitachi era em larga medida considerada como a dissidente em termos de preços, e devido a uma falta de disciplina na formação de preços criou um ambiente muito negativo para a lucratividade do setor" disse Ashok Kumar, analista da Rodman and Renfrew.

A Western Digital e a Seagate vêm enfrentando dificuldade para se adaptar a um futuro no qual menos consumidores usarão laptops. Os flash drives, ou solid state drives (SSD), consomem menos energia e são mais rápidos, e muitos os veem como o futuro do setor de discos rígidos.

Eles vêm sendo cada vez mais usados em laptops e computadores tablet, como o iPad. Em março, a empresa de pesquisa Garner reduziu em mais de cinco pontos percentuais sua previsão de crescimento para o mercado de computadores em 2011, a 10,5%. A iSuppli estima que os embarques mundiais de discos rígidos cairão em mais de quatro por cento no trimestre em curso.

A Hitachi formou parceria com a Intel que lhe permite acesso à tecnologia flash NAND da fabricante de chips – o que será vantagem para a Western Digital em um setor no qual as exigências de capital são pesados. Executivos informaram em teleconferência que estavam decididos a manter o relacionamento da empresa com a Intel.

"A tecnologia SSD será uma parte importante da estratégia combinada da nova entidade", disse o presidente-executivo da Hitachi GST, Steve Milligan.

Cada vez mais usados em smartphones, a armazenagem em drives flash é tida como 5 a 10 vezes mais cara que drives tradicionais, mas as líderes de mercado Samsung Electronics, Toshiba, SanDisk e Intel estão investindo bilhões de dólares para ampliar produção.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]