i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrevista - Ziraldo

Ziraldo explica quem é o “idiota da internet”

Vídeo no YouTube em que cartunista reclama da web causa polêmica na blogosfera

  • PorJoão Paulo Pimentel-Gazeta do Povo
  • 30/07/2007 11:47
 | Reprodução www.youtube.com
| Foto: Reprodução www.youtube.com

Um vídeo de 30 segundos em que o cartunista Ziraldo aparece conversando com o apresentador Amaury Jr., da RedeTV, tem causado controvérsia. No clipe, um dos mais acessados da versão brasileira do YouTube, o criador do Menino Maluquinho brada "A internet é o antro do débil mental. Só tem idiota na internet. O usuário de internet é um babaca, entendeu?" Jogadas na rede, essas declarações caíram como uma bomba e dezenas de blogs passaram a discutir o que Ziraldo quis dizer ao atacar os internautas.

Poucas páginas da web, no entanto, atentaram para o fato de a edição do vídeo ter tirado um pouco do contexto da informação. Na seqüência dos xingamentos, Ziraldo emendaria da seguinte maneira: "Aquelas mensagens, aquelas piadas que chegam, é tudo de uma indigência. Eles escrevem mal, eles têm um mau gosto terrível. Agora, a internet é fundamental porque toda a informação está lá. Se você não sabe ler, não tem curiosidade, de que adianta esse presente dos deuses?".

Em entrevista para a Gazeta do Povo, Ziraldo não faz um mea culpa, inclusive ressalta que não retira uma linha do que disse – mas confessa que não sabe mexer com o computador.

Gazeta do Povo – Em que sentido a internet é o "antro do débil mental", como você diz no vídeo?A edição do vídeo só pegou o começo da conversa de uma pessoa inflamada. Não retiro nenhuma daquelas palavras, que estavam contextualizadas no programa do Amaury Jr. Um antro é onde se reúnem as pessoas de má qualidade. E grande parte dos usuários da internet têm má-fé. Prova disso é o meu vídeo no YouTube. Só um débil mental faria isso.

O que você, como escritor, acha da internet?A internet é a maior ferramenta da humanidade, é uma dádiva. Eu uso a rede como fonte de consulta. Mas, o chat, por exemplo, se chama assim por ser a coisa mais chata desse mundo. Para quê você vai buscar um cara que não te conhece e que só quer te contestar? Quem deve te contestar são teus amigos! Então quem tem uma convivência humana saudável passa pela internet, não vive na internet.

Mas é claro que, ao chamar o internauta de babaca, você criaria uma controvérsia...Não xinguei o usuário da internet e, de mais a mais, não existe "o usuário de internet". Existe o torcedor do Flamengo. A internet não é uma instituição nem um clube. Isso é uma colocação que não faz sentido: "Olha, usuário da internet, o Ziraldo xingou você".

Os blogs não podem ser encarados como ferramentas de escrita e leitura, principalmente num país que não costuma ler nem escrever?As escolas deveriam incentivar os alunos a manterem blogs, mas existe o blog do exibido e o do reflexivo. Agora, a maioria dos blogs não convida à reflexão. É fofoca, é bobagem com uma linguagem cifrada – feita por gente que não dominou a escrita. Não se pode chegar à internet sem passar pelo livro, mas é isso que está acontecendo.

Além de ferramenta de pesquisa, como você usa a internet?Faço um trabalho enorme na internet, em que provo das potencialidades da rede. Por meio dela, sou o maior co-autor do mundo. Já ilustrei livros de 480 mil autores, que são alunos de escolas que usam o Portal Educacional. Eles escolhem meus desenhos para ilustrar seus livros, criam suas próprias historinhas e recebem uma edição impressa, na qual eu e eles somos co-autores. Isso só acontece graças à internet.

Você usa muito o computador?Não sei nem ligar, mas não vivo um segundo sem ele. Uma digitadora e um "mouseman" – profissão que criei – trabalham para mim. O "mouseman" é o cara que move o mouse para o idiota, que sou eu. Se eu pegar no mouse, a setinha some da tela. Não consigo dominar a tal da seta. Escrevo na máquina e a digitadora coloca meu texto no computador.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.