Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Educação
  3. Drag queen dá “aula” sobre papeis de gênero para comemorar Dia das Crianças em escola 

minas gerais

Drag queen dá “aula” sobre papeis de gênero para comemorar Dia das Crianças em escola 

Vestido com uma peruca loira, saia rosa e mini-blusa colorida, o personagem Femmenino deu “aula” sobre ideologia de gênero

  • Gabriel de Arruda Castro
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Alunos de uma escola mineira tiveram uma drag queen como atração principal da celebração do Dia das Crianças. O episódio aconteceu no colégio João XXIII, mantido pela UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora). 

Vestido com uma peruca loira, saia rosa e mini-blusa colorida, o personagem Femmenino conversou com alunos e fez brincadeiras na aula da terça-feira. Mas foi além disso e tentou dar uma “aula” sobre ideologia de gênero.  

“Vocês vão ficar aí pensando sobre essas diferenças de menino e menina. Isso não existe!”, ensinou. Um garoto acrescenta que isso é “preconceito”. A drag queen olha para a câmera e conclui: “Viu? Toma, família brasileira” .

Confundida por alguns alunos com o cantor Pabllo Vittar, a drag queen também cantou trechos de uma música dele (“K.O”) com as crianças. 

Depois de perguntar a uma garota o que ela queria ganhar uma boneca de Dia das Crianças, Femmenino responde: “Mas uma boneca igual eu, assim?”. Depois, ela pergunta a outro grupo: “Quem quer me ganhar de dia das crianças?”. O João XXIII tem cerca de 1.300 alunos, e é considerada a melhor escola pública da cidade. As vagas são distribuídas em sorteio. 


A garotada vai à loucura com o "Na Hora do Lanche - Dia das Crianças" no Colégio João XXIII. Foi K.O. com Femmenino! :D

Publicado por UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora em Quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Gazeta do Povo entrou em contato com a assessoria de imprensa da Universidade Federal de Juiz de Fora e aguarda esclarecimentos sobre o caso.

Atualização: Na segunda-feira (16), a UFJF informou que a atividade foi organizada pela Diretoria de Imagem Institucional e é desenvolvido a cada mês. “Da mesma forma que fizemos em agosto, quando trabalhamos o dia dos pais, decidimos tratar do dia das crianças no colégio que pertence à UFJF”, disse a insituição, que alegou ainda que  “não foi colocada nenhuma criança para debate” e que “todos os pais assinam direito de uso de imagem na matrícula dos filhos, para uso de atividades acadêmicas ou de divulgação institucional, como foi o caso”.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE