i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Uninter

EJA a distância facilita vida de alunos adultos e trabalhadores

Mesmo quem não tem familiaridade com a internet pode tirar proveito do conteúdo on-line e finalizar os estudos

  • PorRosana Felix
  • 06/07/2015 22:00
Marcelo Haerber, 39 anos, encontrou no EJA a distancia a oportunidade que precisava para terminar o ensino médio. | Pedro Serapio/Gazeta do Povo
Marcelo Haerber, 39 anos, encontrou no EJA a distancia a oportunidade que precisava para terminar o ensino médio.| Foto:

Selecionado para uma entrevista de emprego de editor audiovisual no ano passado, Marcelo Haerber, 39 anos, esbarrou na qualificação exigida: não tinha completado o Ensino Médio. Frustrado por perder o que considerava o emprego dos sonhos, decidiu retomar os estudos. Mas buscou um curso que se adaptasse à sua rotina: Educação de Jovens e Adultos (EJA) a distância. Com as aulas virtuais e encontro presencial apenas uma vez por semana, Haerber conseguiu concluir o curso em tempo e com notas acima da média, mantendo a jornada como motorista.

O EJA a distância é uma opção para trabalhadores que querem concluir seus estudos e podem desembolsar parcelas de até R$ 100 por mês. Haerber, que precisava cursar apenas algumas disciplinas para concluir o Ensino Médio, precisou de apenas um semestre para concluir os estudos. O curso completo dura 18 meses.

Serviços

Para ofertar a modalidade de EJA a distância, a instituição não precisa estar sediada no Paraná, mas precisa ter unidades para ofertar as aulas presenciais e também para realizar as provas. Conheça algumas instituições:

  • Uninter

Os módulos são ofertados no início e no meio do ano. No segundo semestre, as aulas têm início em 27 de julho. O curso completo dura 18 meses, e o custo é de 18 parcelas de R$ 95. Polos presenciais: 16 no Paraná, 1 em Goiás, 1 no Espírito Santo.

http://www.uninter.com/eja/

  • Sesi

Os módulos são ofertados em diversas datas. O custo é de R$ 79,90 por mês. Trabalhadores da indústria podem fazer o curso de graça. Polos presenciais: 39 no Paraná.

http://www.sesipr.org.br/eja/para-voce/

“Já tinha pensado em voltar a estudar, mas conseguia um emprego que pagava bem e ia protelando. Quando perdi a vaga de editor de HD View fiquei muito frustrado e disse para mim mesmo: ‘é agora que faço’”. Haerber já saiu a procura de um curso a distância, para não ter dificuldades com horários rígidos. Apesar de decidido, ele tinha muito receio de não conseguir acompanhar o conteúdo virtual. “A linguagem por computador me deixava com medo. Mas fiquei muito satisfeito com as explicações iniciais. Fiquei com média 80 em matemática. Nem quando eu era moleque consegui nota boa assim”, conta.

Apesar de flexível, o curso a distância exige bastante do aluno. “É preciso ter motivação e foco, estabelecer uma rotina para estudar. Minha família ajudou e, na hora de eu assistir as aulas no computador, iam passear ou ficavam no outro canto da casa.”

Haerber fez na prática o que é defendido pelos especialistas: “O curso a distância concorre com a vida do aluno. Apesar de estar em casa, é preciso se concentrar e dedicar sempre um horário para estudar, sem distrações”, orienta a psicóloga Ivete Palange, conselheira da Associação Brasileira de Ensino a Distância (Abed).

A Uninter, onde Haerber estudou, registrou aumento de 45% no número de alunos matriculados nessa modalidade desde 2011. Atualmente, são 2 mil alunos em 18 polos – 16 no Paraná, um no Espírito Santo e um em Goiás. “Notamos que muitas pessoas nos procuravam interessadas na graduação, mas ainda não tinham concluído os estudos. Passamos a ofertar a modalidade para atender a essa demanda de trabalhadores que tinham dificuldade de comparecer às aulas regulares”, conta a coordenadora da EJA Uninter, Maria Tereza Cordeiro. Alunos atingidos pela greve da rede estadual neste ano também passaram a procurar a instituição, conta ela.

A procura pelo EJA a distância no Sesi do Paraná também é grande. A instituição, que tem 39 unidades no estado, está com 7,4 mil alunos, crescimento de 70% em relação ao ano passado, quando o curso começou a ser ofertado.

Dicas

Para tirar o melhor proveito de um curso EJA a distância:

  • Antes da matrícula

Credenciamento:Procure saber se a instituição está autorizada a ofertar a modalidade. No Paraná, o interessado deve entrar em contato com a Coordenação de Documentação Escolar da Secretaria da Educação: (41) 3340-1734 ou e-mail cde@seed.pr.gov.br.

Test drive:Se tem dúvidas sobre o aprendizado no ambiente virtual, peça para fazer uma aula-teste na instituição. Se isso não estiver disponível, procure um curso de curta duração de graça na internet, e veja como lida com o conteúdo virtual.

  • Estrutura

A instituição precisa oferecer um local de estudo para o encontro presencial semanal, que é obrigatório. Nesse local também são realizadas as provas, presenciais.

  • Organização

No computador de uso pessoal onde assistirá as aulas virtuais, organize pastas para cada disciplina. Dedique um horário diário para os estudos. Busque ajuda e questione o tutor disponível on-line sempre que tiver vontade. Nos cursos bem feitos, eles sempre dão suporte.

Quando estudar, evite distrações no computador. Mas vale a pena criar grupos de colegas de classe nas redes sociais, para trocar informações sobre a aula e demais assuntos. A interação com outras pessoas facilita o aprendizado e motiva o aluno.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.