Primeira aplicação do Enem ocorreu nos dias 5 e 6 de novembro e teve a participação de 5,8 milhões de pessoas | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Primeira aplicação do Enem ocorreu nos dias 5 e 6 de novembro e teve a participação de 5,8 milhões de pessoas| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

As provas da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a ser realizada no próximo fim de semana, dias 3 e 4 de dezembro, serão diferentes das aplicadas no início de novembro, mas manterão o mesmo nível de dificuldade, garantiu o Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo exame.

A ocupação de escolas e problemas de infraestrutura obrigaram 277 mil inscritos a fazer o exame no próximo fim de semana, enquanto os outros 5,8 milhões de inscritos fizeram as provas nos dias 5 e 6 de novembro.

Os novos Cartões de Confirmação desses candidatos foram divulgados na última terça-feira (22). Mais da metade dos estudantes já acessaram os dados das provas deste fim de semana.

A segunda edição da prova custará R$ 10,5 milhões. Os Estados com o maior volume de inscritos previstos para a segunda aplicação são Minas Gerais (72.302 candidatos), Paraná (43.617), Bahia (37.927) e Espírito Santo (23.486).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]