i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Música

Presente de Natal fora de época

Aluna de programa da Universidade Federal do Paraná ganha violino para continuar seus estudos musicais em casa

  • PorDiego Antonelli
  • 05/03/2012 21:07
Vitória Bullessich com a mãe, Lirian, recebendo o violino das mãos do maestro Carlos Domingues: desejo realizado | Daniel Caron / Gazeta do Povo
Vitória Bullessich com a mãe, Lirian, recebendo o violino das mãos do maestro Carlos Domingues: desejo realizado| Foto: Daniel Caron / Gazeta do Povo

Universidade

Projeto atende crianças da periferia

O projeto "Música para Todos" é desenvolvido pela Universidade Federal do Paraná desde o ano passado. De acordo com a coordenadora do programa, Doriane Rossi, são 50 crianças de 7 a 14 anos que participam das atividades.

"No primeiro ano, as crianças têm aulas de teoria musical, canto coral, canto, piano, violão, instrumentos de percussão, flauta e violino. No ano seguinte, os alunos escolhem um dos instrumentos já apresentados no primeiro ano, continuando o processo de formação musical específica", explica Doriane.

Segundo ela, o objetivo é poder dar condições de as crianças se interessarem pela música. "A gente visa dar formação cultural para as crianças. Assim algumas poderão ser tornar músicos profissionais", assinala.

Apesar de ser aberto a crianças de todas as condições socioeconômicas, a ideia do projeto é privilegiar quem mora na periferia da capital. "Divulgamos o projeto nas comunidades mais carentes", conta a coordenadora. Para este ano, as matrículas estão encerradas. (DA)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.