• F

    Filipe

    ± 0 minutos

    Pena que os profissionais que trabalham com a alfabetização das nossas crianças não terão acesso a tal conteúdo. Imagino que muito menos de 10% deles lerá o conteúdo da pesquisa, seja aqui ou em outro veículo. Dos que lerem, mais da metade entenderá tudo errado, uma boa parte não entenderá nada e os que entenderem não conseguirão agir com base nestas informações científicas. Se um ou dois furarem o bloqueio mental da categoria, talvez tenha esperança daqui há algumas décadas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VALTER CESAR MONTANHER

    ± 12 dias

    Acredito que tanto o artigo do jornal como os comentários necessitam de um esclarecimento sobre o que é instrução direta DI. Este é um modelo de instrução que enfatiza lições bem desenvolvidas e cuidadosamente planejadas, focando em pequenos passos de aprendizagem com tarefas de aprendizagem claramente definidas e prescritas. Técnicas instrucionais como, grupos de trabalho, laboratórios de participação, discussões, palestras, seminários, workshops, observação, aprendizado ativo, trabalhos práticos e estágios. Uma aula expositiva como estamos acostumados a ter no Brasil não é instrução direta e não é objeto da pesquisa.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      Adriano

      ± 11 dias

      A pesquisa e o jornal citam esse professor: http://www.zigsite.com/ salas de aula, crianças e professores

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique Barros

    ± 13 dias

    O pior é que não adiantam os fatos, as pesquisas e as evidência, pois os acadêmicos de pedagogia deste país são totalmente marxistas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Eugênio Anunciação

    ± 14 dias

    Nesse método de ensino, onde o aluno teoricamente seria protagonista na construção do conhecimento, na prática, ele é colocado numa situação onde tem que “reinventar a roda”; numa total perda de tempo. Esse método também defende que, “cada pessoa tem uma forma diferente para aprender". Ora, isso significa que haverá inúmeras e incontáveis formas de ensinar? Pelo método tradicional, porém, sabemos que, cada pessoa tem “uma velocidade própria de aprendizado”, por isso a importância do professor no papel de protagonista do ensino.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Wilbur Archibald III

    ± 14 dias

    A velha e boa aula expositiva é obscenidade para a nova escola, mas se ela for dialogada e abrir um espaço não majoritário para seminários, é um baita método de ensino. Dá menos margem para o embromation.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    ErO

    ± 15 dias

    Concordo plenamente, ratificando milhares de anos da construção do conhecimento baseado na relação Mestre-Aprendizes, até o momento em que o aprendiz se iguala e ultrapassa o Mestre, tomando o papel criativo de Mestre para si e o ciclo se renova e as gerações sucedem promovendo o avanço das Ciências. Assim caminha a Humanidade !!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gustavo

    ± 15 dias

    Esse é o resultado de colocar à ideologia a frente da evidência científica...... e o PISA é a prova

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    andrea silva

    ± 15 dias

    **mon que o diga. Se não fossem os exercícios diários (maldito bloquinho) eu não teria a rapidez lógica e capacidade de resolver de cabeça diversas operações. A tal da repetição é útil para formar bases (como aponta o estudo), todavia, pode ser limitante para avançar. Então acredito que após uma fase de assentamento da base, deva ser construído o conhecimento com formas alternativas e de acordo com o perfil do aluno. Mas sem base não há o que sustente um **** vazio. Logo, faz TODO o sentido o estudo e não é a toa que foi publicado no periódico que foi. Prevejo professores que mal sabem aplicar Piaget chorando de raiva.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    EMERSON ZANON GRANEMANN

    ± 15 dias

    Estamos no século 21. A revolução 4.0 envolvendo Internet da coisas e a inteligência artificial já está mudando a forma de trabalhar e as profissões, mesmo as tradicionais estão se transformando. É um caminho sem volta. Me parece que contrapor ao discutível construtivismo e outras linhas educacionais com o método direto precisa ser isento de ideologias e levar em conta não só pesquisas mas também tendências. Temos que alongar o olhar. Não estamos em um era de mudanças. Mas sim entrando em uma nova Era. O processo educacional com certeza precisa estar alinhado com as novas demandas da sociedade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      andrea silva

      ± 15 dias

      O que muda é a dialogicidade, que hoje ganhou uma nova interface com a tecnologia na construção do conhecimento. Eu gosto da mistura entre teorias, acho o modo tradicional válido (se não fosse o **mon não saberia de cor os cálculos que sei hoje), junto com a interligação de saberes ao estilo Morin, que ao observar a natureza aprendemos química, física, matemática e até expressão. Estamos presos em caixinhas quando podemos trazer o melhor de cada método para a sala de aula.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco Tulio

    ± 15 dias

    Contra fatos não há argumentos, o "Construtivismo" destruiu a educação brasileira, o PISA que o diga.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Y

    Yuri Kasakevic Tsan Hu

    ± 15 dias

    Os melhores professores que tive na vida - da educação básica até o mestrado - aplicavam a educação dita como "direta". Nenhum deles era pedagogo. Eram extremamente conhecedores de suas respectivas áreas de atuação e, pelo entusiasmo e pela curiosidade pessoal pelo que ensinavam, despertavam nos alunos a mesma curiosidade e vontade de conhecer. O amor pela ciência do professor "transborda" para os seus alunos. Observe, na atualidade, o caso do professor Olavo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz B

    ± 15 dias

    Não se deixe educar pelo estado.Você certamente já ouviu dizer que a pena é mais poderosa que a espada. Pense na espada como se ela fosse o estado. Pense na pena como se ela fosse você divulgando as ideias da liberdade. Qual, no final, terá mais chances de ganhar os corações e a mente das pessoas?Tenha sempre em mente esta constatação de Étienne de la Boétie: todo e qualquer governo depende do consentimento das pessoas; tão logo o público retirar seu consentimento, qualquer regime estará condenado.(https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1447)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vitor Chvidchenko

    ± 15 dias

    Posso falar pela minha própria experiência pessoal como aluno, em todos os níveis - desde o primário até o mestrado. As melhores aulas que tive e onde aprendi mais foi com professores que usavam o método tradicional, aquele que a turma acadêmica aqui do Brasil tanto odeia. Estes melhores professores eram pessoas que tinham ótima relação com a turma, possuíam autoridade mas não eram autoritários, tinham e demonstravam prazer em ensinar, gostavam dos alunos mas... ensinavam de forma tradicional. Para eles, estava bem claro que ELES estavam ali para ensinar o conteúdo e NÓS, para aprender. Aliás, para mim isso parece óbvio, mas eu sei que isso dá arrepios à turminha da esquerda.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • A

      andrea silva

      ± 15 dias

      Mas o mestrado não aplica o método tradicional. A maior parte das aulas são concebidas pelos alunos que pesquisam e fazem os seminários... o método tradicional é basicamente o professor repassar o conhecimento o que não é caso de mestrado nem doutorado, onde o aluno busca o conhecimento e o professor ou posteriormente o orientador media. Só que veja, no mestrado os alunos são adultos... isso faz TODA a diferença para a construção do conhecimento. Faça isso em uma turma de 1º ano do fundamental...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rodrigo Souza

      ± 15 dias

      Concordo plenamente.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz B

    ± 15 dias

    Como a escola acaba com a criatividade e com o raciocínio próprio. O verdadeiro aprendizado sempre ocorre fora da sala de aula.É impossível acreditar que um modelo arcaico de ensino forçado pode se adaptar às exigências de uma nova economia saturada de informações e cada vez mais voltada para a tecnologia, a qual requer agilidade, inventividade, colaboração e um contínuo compartilhamento de conhecimento. Um modelo educacional verdadeiramente transformador para o século XXI é aquele que cultiva e estimula, e não esmaga e abole, a criatividade humana.(https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2704)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      andrea silva

      ± 15 dias

      Em uma turma de 40 temos perfis empreendedores, analíticos, criativos, metódicos, cooperativos e etc.. como conciliar UM método com tantas necessidades? Já passou da hora de o currículo ser parcialmente obrigatório e parcialmente opcional, cabendo a família e o educando escolher as áreas do conhecimento que lhe atraem mais. Entre as optativas poderia ter programação, design, empreendedorismo, além de química e física avançada, por exemplo. A homogenização dos alunos acaba matando o potencial de todo mundo numa tentativa burra de igualar seres naturalmente desiguais.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz B

    ± 15 dias

    O sistema escolar moderno prolonga a adolescência e atrasa as responsabilidades da vida adulta. Solução: menos escolas compulsórias e mais sistemas de aprendizagem profissional. Programas de aprendizado geram uma situação de ganho mútuo para os jovens aprendizes e para os empregadores que os contratam e os treinam. Os adolescentes adquirem habilidades práticas e benéficas, o que os leva para o autêntico mundo adulto; já os empregadores terão mão-de-obra capacitada e produtiva.(https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2705)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      andrea silva

      ± 15 dias

      Não temos que formar empregados, mas pessoas que saibam escolher entre ser empregados ou empreendedores. Essa visão de formar mão de obra barata é extremamente arcaica e produz adultos frustrados que trabalham por dinheiro, sem nenhuma satisfação ou contribuição real.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Emerson Luís

    ± 15 dias

    Quando os fatos não corroboram a teoria, os "progressistas" rejeitam os fatos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adami

    ± 15 dias

    Ou resumindo: método Paulo Freire refutado com embasamento científico.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 15 dias

      Apesar de que, tecnicamente falando, o método Paulo Freire não é "Construtivista" (Construtivismo é o ensino baseado nas idéias de Piaget). Mesmo assim, a matéria mostra que o ensino tradicional - aquele que Paulo Freire tanto odiava - produz melhores resultados (alguém aqui ficou surpreso?). Dessa forma, é sim um golpe a todos os métodos "revolucionários" de ensino, inclusive o de Paulo Freire.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Helena Maria de Souza

    ± 15 dias

    Em bom português, oConstrutivismo é uma metodologia esquerdista. Não é atoa que surge por aqui em meio a redemocratização do país , quando a esquerdalha tomou conta , sutilmente, da Educação e da Cultura no Brasil. Por décadas em nome de um "progressismo" formamos levas de alunos incapazes de raciocinar criticamente. Como papagaios repetiam e repetem os slogans que lhe são ditados, lêem resumos de livros (quando lêem)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Helena Maria de Souza

    ± 15 dias

    Hoje sabemos que o Construtivismo obedecia a fins politicos-ideológicos. O objetivo era igualar professores e alunos, colocar todos no mesmo nível, como se experiências e conhecimentos não diferenciassem o professor.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Francisco

    ± 15 dias

    Finalmente a GP apresentou uma matéria baseada em estudo científico de valor sobre um assunto tão importante para a sociedade. Parabéns! Como leigo tenha esta mesma percepção, os primeiros conceitos precisam ser ensinados, é mais rápido, eficiente e prepara melhor para o futuro. Quando no mestrado e doutorado, aí sim a busca das resposta inerentemente é individual.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    jonny liebl

    ± 15 dias

    Com a palavra, os pedagogos de plantão !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.