Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Educação
  3. Vida na Universidade
  4. UFPR
  5. Paixão pela ciência gera portal de vídeos

Ciência

Paixão pela ciência gera portal de vídeos

Criado por estudante da UTFPR, site Ciência Curiosa oferece gratuitamente experimentos filmados para uso na educação básica

  • Jônatas Dias Lima
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Paixão pela ciência gera portal de vídeos

O biólogo Sam Adam Hoffmann Conceição, 24 anos, sempre se incomodou com a falta de experiências práticas nas aulas de ciências da escola pública. Apaixonado pela divulgação científica, ele resolveu dar sua contribuição para amenizar o problema e criou, em 2010, o site Ciência Curiosa, um portal de divulgação científica que agrupa vídeos de experiências filmadas, produzidos especialmente para uso em aulas de educação básica.

O site dispõe de um acervo com 162 vídeos, todos disponíveis gratuitamente no canal do Ciência Curiosa, no YouTube. A conta possui 4,7 mil assinantes e quase 972 mil acessos. Embora os vídeos de experimentos sejam a essência do site, Conceição também grava entrevistas com cientistas e faz postagens relacionando o assunto com elementos da cultura pop.

Numa publicação recente ele mostra capas de discos famosos que trazem como imagem objetos de estudo da ciência. É o caso do clássico álbum de 1973, The Dark Side of The Moon, da banda inglesa Pink Floyd, que é ilustrado pelo fenômeno ótico da dispersão da luz branca num prisma.

“Tenho amigos professores, e muitos não fazem experimentos na escola pela falta de estrutura. Então, pensei num jeito de apresentar essas experiências aos alunos, sem a necessidade de um laboratório”, explica o biólogo, que acaba de apresentar sua dissertação de mestrado em Ensino de Ciências, pela UTFPR. A iniciativa do Ciência Curiosa, naturalmente, foi o foco de seu projeto.

Fã de O Mundo de Beakman, programa de tevê da década de 90 que falava de ciências com descontração e humor, Conceição não tem dúvidas sobre o poder das experiências no entusiasmo dos estudantes que podem se tornar futuros cientistas. “É algo que impressiona a todos os públicos, desde a criança do ensino fundamental até alunos da educação de jovens e adultos”, diz.

Na produção dos vídeos, a universidade é sua maior parceira. A maioria das experiências é gravada no laboratório de Física Moderna da UTFPR, com apoio e acompanhamento de professores, que comumente aparecem como entrevistados. Os alunos da graduação de Física também são colaboradores frequentes nas experiências. A edição dos vídeos e os cuidados gerais com o site, no entanto, são ações exclusivas de Conceição.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE