Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 |
| Foto:

Se antes a tradicional apresentação dos calouros rolava na sala de aula, agora a conversa começa antes mesmo da matrícula, só que virtualmente, com posts no Twitter, Facebook, Orkut e demais sites de redes sociais. "Pessoalmente a gente se diverte mais, mas se conhecer pelas redes sociais é mais prático. E nada impede de se marcar um encontro caso haja afinidade", conta a estudante de Paranaguá Monalisa Fernandes Cordeiro, 17 anos, aprovada em Relações Públicas na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Foi pelo Orkut que Monalisa conheceu alguns de seus futuros colegas de faculdade. "O convite partiu dos veteranos. Eles devem ter procurado os nomes na lista de aprovados", explica. Um dos amigos virtuais mais próximos dela é Guilherme Magalhães, 18 anos, do 2º ano de Jornalismo. Ele diz que uma das vantagens é que nos sites é mais fácil de identificar afinidades e conta que quando foi aprovado também conheceu alguns colegas antes pela internet. "Foi logo após a primeira fase. Vivemos numa sociedade muito dinâmica. No primeiro dia, já estávamos conversando, já estávamos mais entrosados."

Caloura de Jornalismo, Gabriela de Castro Ribeiro, de 18 anos, optou pelo Facebook. "Queria conhecer o pessoal e ver o que tinham para falar sobre o curso." Mesmo assim ela prefere conhecer pessoalmente os colegas. "Confio mais nos meus olhos."

No Orkut há várias outras comunidades de cursos da Federal. , de 19 anos, está no segundo ano de Engenharia Civil e é uma das veteranas mais atuantes. Ela explica que elas foram criadas para os calouros se conhecerem e já rolou até chat para tratar assuntos relevantes. "É a melhor forma dos calouros descobrirem o que lhe espera, ainda mais quando é algo tão esperado como a entrada na universidade", diz.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]