i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Eleições 2020

Garotinho testa influência com candidatura da filha Clarissa à prefeitura do Rio

  • PorGustavo Ribeiro, especial para a Gazeta do Povo
  • 22/10/2020 11:45
Clarissa Garotinho
Candidata a prefeita do Rio, Clarissa Garotinho, ao lados dos pais Anthony Garotinho e Rosinha Matheus| Foto: Reprodução/Facebook

A candidatura de Clarissa Garotinho (Pros) à prefeitura do Rio de Janeiro é a primeira investida dela para um cargo no Executivo. E é também um teste de influência do clã Garotinho, liderado pelo pai dela, o ex-governador Anthony Garotinho, sobre os rumos políticos da capital fluminense e do estado como um todo.

Clarissa é deputada federal desde 2015 – em 2014 foi a segunda mais votada do estado, perdendo apenas para o agora presidente Jair Bolsonaro. Antes, havia sido deputada estadual, entre 2011 e 2014, e vereadora na capital, de 2009 a 2010. O projeto prefeitura do Rio é, até agora, o mais ambicioso na carreira política da candidata, que tem 38 anos.

Anthony Garotinho e a esposa, também ex-governadora do Rio, Rosinha Matheus, têm tentado alavancar a campanha da filha, especialmente nas redes sociais. A mãe tem compartilhado várias postagens da página oficial da candidata. O pai tem ido mais além, publicando vídeos pedindo votos para a filha.

“Então, eu quero dizer a cada um de vocês, que eu conto com o carinho e compreensão de cada um de vocês para que no próximo dia 15 de novembro deem um voto de amor ao Rio de Janeiro, [um voto] de confiança em um Rio de Janeiro para todos, votando na Clarissa Garotinho”, pediu Garotinho em um vídeo publicado no Facebook em 15 de outubro.

Ao mesmo tempo, a candidata tem usado o legado político dos pais para conseguir votos. Em materiais de campanha, estampa fotos com eles e, em alguns vídeos, faz questão de lembrar de quem é filha.

No primeiro vídeo da candidatura, com pouco mais de dois minutos, por exemplo, ela tenta se lançar como alguém independente dos pais, mas sem se distanciar completamente deles. “Eu acho que não sou nem mais Garotinho nem mais Rosinha, eu sou Clarissa”, disse. “Meu pai foi governador, minha mãe foi governadora e sei exatamente o que é uma pessoa estar sentada numa cadeira de prefeito e ter uma caneta de governador na mão”, completou.

Em entrevista ao jornal O Globo, Clarissa afirma que seu objetivo é fazer com que o eleitorado conheça seu trabalho. "Todo mundo me conhece e sabe que sou filha do Garotinho, mas acho que toda eleição majoritária é uma oportunidade de contarmos nossa própria história e mostrar o que a gente defende para cidade. Meu objetivo é mostrar para a população do Rio quem é Clarissa. Sou Clarissa Garotinho, vírgula e não um ponto final", disse.

Influência no interior, resistência na capital do Rio de Janeiro

Por enquanto, porém, o apoio dos pais não tem dado resultado. Na pesquisa Ibope divulgada em 15 de outubro, Clarissa aparece com 1% das intenções de voto. Uma demonstração de que a influência do clã Garotinho na capital não é a mesma do interior, especialmente o Norte Fluminense, o reduto da família – Garotinho e Rosinha foram prefeitos de Campos dos Goytacazes e o outro do filho do casal, Wladimir Garotinho (PSD), é candidato na cidade neste ano.

“Hoje ele é uma liderança regional com estrutura própria, mas sem a dimensão para se eleger governador, não tem mais essa densidade política”, analisa o cientista político e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), Geraldo Tadeu.

“Ele tem um filho candidato a prefeito em Campos e tem dominância em várias prefeituras no entorno. E no Rio colocou a Clarissa, que é uma representante do clã. Ela entra para ter visibilidade e, num eventual segundo turno, vai exigir que os candidatos negociem com Garotinho dependendo da quantidade de votos que ela tiver”, prossegue.

A figura de Garotinho está atrelada a casos de corrupção que, inclusive, o levaram à prisão em cinco oportunidades – ocasiões em que houve "perseguição, injustiça e humilhação", de acordo com Clarissa. Na mais recente, em outubro de 2019, a esposa Rosinha Matheus também foi presa.

Devido a um desses casos, ele foi impedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de concorrer ao governo do Rio de Janeiro em 2018. Condenado por improbidade administrativa por supostas fraudes na saúde durante o mandato da esposa entre 2003 e 2006, o nome dele apareceu na urna, mas os votos para ele não foram contabilizados.

Segundo Tadeu, a imagem de Garotinho atrelada à corrupção também dificulta o impulsionamento da candidatura da filha na capital. “Não está necessariamente havendo um declínio disso, mas em algumas famílias pode estar ocorrendo um desgaste. É um desgaste natural do exercício do poder. Quem mais tempo exerce esse poder, mais desgaste sofre. É uma covariância”, avalia.

Além disso, a candidatura de Clarissa Garotinho sofreu um revés no último dia 14 de outubro, quando ela foi diagnosticada com Covid-19, impossibilitando o tradicional corpo a corpo de campanha por alguns dias. Os pais dela também foram infectados pelo novo coronavírus.

Metodologia da pesquisa citada na reportagem

Sob encomenda da TV Globo, o Ibope ouviu 1.001 eleitores do Rio de Janeiro entre os dias 13 e 15 de outubro. O levantamento tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob a identificação RJ-09221/2020.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • C

    Carlos Roberto

    ± 0 minutos

    Clarissa, caso eleita, fará o papel de "poste" do pai.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Luiz

      ± 59 minutos

      família que rouba unida permanece unida

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Repolhinho Bocó

        ± 1 horas

        Família de malacos.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          MICHAEL GUSTAV ADOLF MULL

          ± 2 horas

          Rio : Capitania Hereditária?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • V

            vanderlei zarpellon

            ± 3 horas

            Da pens do RJ !!! Minhanossasenhora, não aparece ums alma honesta, proba, ética para comandar o município e o estado( só aparece TRANQUEIRA !!! Nem o Cristo Redentor consegue aliviar !!!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • K

              Klin

              ± 3 horas

              Será que não vai espernear no camburão também? A fruta não cai longe do pé. Cuidado pessoal da Baixada!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • D

                Deco Bamba

                ± 3 horas

                Pelo menos nesta eleição estamos salvo da clã. Clarisse está concorrendo para ver quem fica em último

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • E

                  Emerson

                  ± 4 horas

                  Tudo em família novamente em terras cariocas. É lógico que estão de olho para lá de gordo na poltrona municipal e no desempenho da filhota nas urnas do próximo novembro de emoções. No que depender de minha torcida tudo apenas como experiências frustradas e nada mais.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  Fim dos comentários.