Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Lula diz para eleitor “pegar todo o dinheiro” de pacote de benefícios, mas não votar em Bolsonaro
Além de Lula, outros três pré-candidatos à presidência (Jair Bolsonaro, Ciro Gomes e Simone Tebet) estão em Salvador-BA neste sábado| Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação PT

Em discurso a apoiadores neste sábado (2) em Salvador (BA), o ex-presidente Lula (PT) disse que os eleitores devem “pegar todo o dinheiro” da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 1/2022, patrocinada pelo governo federal, que cria um pacote de benefícios sociais temporários, mas não votar no presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições deste ano.

“Eu queria dizer para ele o que o povo baiano está dizendo para ele: ‘Bolsonaro, aprove as suas leis, porque a gente vai pegar todo o dinheiro que você mandar, mas a gente não vai votar em você. A gente vai votar em outras pessoas’. Porque o dinheiro que ele está dando agora é só até dezembro”, disse Lula.

A PEC à qual o petista se refere foi aprovada pelo Senado nesta quinta-feira (30) e seguirá para apreciação na Câmara dos Deputados. Entre as medidas previstas, ao custo de R$41 bilhões, estão o aumento, até o fim do ano, nos valores do Auxílio Brasil (de R$ 400 para R$ 600) e do vale-gás, além da criação de um voucher de R$ 1 mil mensais para caminhoneiros.

Em outro momento, ao falar sobre as Forças Armadas, Lula disse que o Brasil não pode abrir mão de Forças Armadas “não apenas bem equipadas e bem treinadas, mas sobretudo as Forças Armadas comprometidas com a democracia". "Tenho certeza que as forças armadas estarão ao lado do povo brasileiro na nossa luta por uma nova independência, como estiveram em momentos importantes da nossa história", disse. O petista também minimizou possibilidade de “golpe institucional” a ser dado por Bolsonaro e criticou o atual presidente por fazer questionamentos à segurança das urnas eletrônicas.

Além de Lula, outros três pré-candidatos à presidência da República – Jair Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) – estiveram na capital baiana neste sábado participando das festividades da Independência da Bahia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]