Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Técnico Dorival Júnior, do Athletico.
Técnico Dorival Júnior, do Athletico, não vai comandar o time no Atletiba| Foto: Albari Rosa / Foto Digital / Gazeta do Povo

O time de aspirantes do Athletico entrará em campo diante do Coritiba pela última rodada da primeira fase do Paranaense. A informação foi confirmada pelo técnico Dorival Júnior em entrevista coletiva após a vitória do Furacão diante do Rio Branco nesta quarta-feira (4).

O clássico está marcado para o próximo domingo (15), no Couto Pereira, às 16h. As duas equipes já estão classificadas, mas podem se enfrentar — dependendo do complemento desta rodada do Estadual — com a liderança da primeira fase em disputa.

+ Veja como está a classificação do Paranaense 2020

“Fizemos um escalonamento hoje, mas para a partida diante do Coxa não tem como jogarmos [com a equipe principal], nem com uma equipe [titular] nem com a outra [reserva]. Nós trabalhamos com as duas, então o clássico volta às mãos do Eduardo Barros”, comentou Dorival.

A equipe principal do Furacão agora volta as atenções para a fase de grupos da Libertadores. Após a vitória na estreia diante do Peñarol, na Arena da Baixada, o Furacão enfrenta uma maratona de jogos longe de casa nas duas próximas rodadas. Na próxima quarta-feira (11), o duelo será no Chile, diante do Colo Colo.

Menos de uma semana depois, na terça-feira (17), o Rubro-Negro encara a altitude de Cochabamba, na Bolívia, contra o Jorge Wilstermann, líder do grupo C.

+ Os bastidores da estreia do Athletico na Libertadores

Porém, o comandante rubro-negro ponderou que a equipe principal deve voltar a atuar nas fases mata-mata do Estadual. Dorival destacou a ausência de jogos entre a terceira e a quarta rodada da competição continental — serão 22 dias entre o jogo na Bolívia e o jogo da volta diante do Peñarol — e citou também o baixo números de jogos disputados e falta de ritmo dos atletas como fatores negativos para o Furacão na disputa com equipes que atuam com mais frequência e consistência.

“Com uma sequência tudo será solucionado e a qualidade das apresentações da equipe serão melhores, não tenho dúvida”, completou Dorival.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]