i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brasileirão

Atletiba põe pressão extra em trajetória de Barros e Jorginho

  • 11/09/2020 11:20
Atletiba põe pressão extra em trajetória de Barros e Jorginho
| Foto: Fotos: Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

O Atletiba deste sábado (12), ás 16h30, na Arena da Baixada, pela décima rodada do Brasileiro, colocará frente a frente dois técnicos que precisam, urgentemente, da vitória.

De um lado, Eduardo Barros, que precisa mostrar serviço pra seguir à frente no comando do Athletico. Do outro, Jorginho, que retornou recentemente ao Coritiba e precisa mostrar que foi uma escolha acertada da diretoria.

Aos 35 anos, Barros tem sua segunda oportunidade no time principal do Furacão. A segunda como "tapa-buraco". No final do ano passado, com a saída de Tiago Nunes, ele assumiu o time e teve um bom desempenho, com cinco vitórias e três empates.

Só que agora a situação é diferente. Em três partidas, somou dois empates - ambos na Arena - e uma derrota. Até por isso, um triunfo, ainda mais em um clássico, servirá para provar que ele pode seguir no cargo de maneira efetiva.

Eduardo Barros encara fase de indefinição no Athletico e Atletiba é jogo-chave

O Rubro-Negro ainda não definiu seu treinador e nem estipulou um prazo para isso. Enquanto isso, o interino é quem vai tendo a oportunidade e quer ficar com essa vaga.

O desempenho nas três partidas que disputou não foi convincente, mas vencer um Atletiba pode ser a chave da virada da equipe, que está na zona de rebaixamento, sem ganhar há sete rodadas.

Jorginho retornou bem ao Coritiba, mas já sente cobranças no Alto da Glória

Já Jorginho vive uma situação bem distinta. O experiente técnico de 56 anos está em sua segunda passagem pelo Coxa. E voltou com a moral alta, após não renovar no final de 2019, mesmo com a conquista do acesso.

O começo foi positivo, com uma vitória em cima do Sport. Porém, já são três partidas sem ganhar, com dois empates e uma derrota, que empurraram novamente o Alviverde para a zona de rebaixamento.

Vencer o maior rival fora de casa não só pode tirar o time dessa situação incômoda, como também servirá para dar mais tranquilidade pro comandante alviverde, que, na sequência, terá a semana cheia para poder trabalhar e ajustar os trabalhos.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luciano R. Ayres

    ± 15 horas

    Quem assistiu as finais do campeonato paranaense, viu que quem realmente se empenhou em ser campeão foi o coxa, o Athletico teve um pouco de sorte e conseguiu fazer os gols na hora certa no apagar das velas. Vai ser uma partida dura, dura de assistir se ao menos se pudéssemos assisti-la. Os dois times estão na zona da degola e não vejo por enquanto capacidade ambos em um curto espaço de tempo se afastarem da ZR. E ainda está fresco na memória do torcedor athleticano o ano de 2011, em que o Athletico fez de tudo para cair.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Luciano R. Ayres

      ± 18 horas

      O problema do Eduardo Barros é acertar os ponteiros entre os boleiros, para que eles entrem em campos com vontade de ganhar, pois isso não vem ocorrendo os jogadores do Athletico entram em campo ultimamente apenas para cumprir tabela sem compromisso algum. Essa é a situação delicada que ele tem nas mãos. O Athletico apesar do desmanche tem time pra ficar entre os 10 primeiros.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.