232251

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Athletico
  4. Torcedora do Athletico relata agressões no jogo da Libertadores: ‘Machismo é pouco’

comportamento

Torcedora do Athletico relata agressões no jogo da Libertadores: ‘Machismo é pouco’

Torcedora do Athletico relatou ter sido vítima de agressões físicas e verbais durante a vitória do clube sobre o Jorge Wilstermann

  • Moreno Valério
Torcida do Athletico na Arena da Baixada contra o Wilstermann. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Torcida do Athletico na Arena da Baixada contra o Wilstermann. Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Uma torcedora do Athletico relatou ter sido vítima de agressões físicas e verbais por parte de outros torcedores do Furacão durante a vitória do clube sobre o Jorge Wilstermann, por 4 a 0 , na noite de quinta-feira (14), na Arena da Baixada.

>> Veja onde seu time vai passar na TV em 2019

Fernanda (nome completo será preservado para evitar novos transtornos) , advogada e sócia do clube, foi ao jogo com outras quatro amigas e dois amigos. Após o hino nacional, no setor Getúlio Vargas Superior, o grupo permaneceu em pé para o início do jogo e aí a confusão começou. “Um senhor acompanhado de dois homens e uma mulher pediram para a gente sentar com palavras bem pouco educadas: ‘senta aí seus filhos da ****’”, relata a torcedora.

>> Guia dos jogos na TV: onde assistir Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana

De acordo com Fernanda, outras pessoas também estavam de pé no setor e o grupo não sentou. Um dos homens então desceu e ficou ao lado da torcedora, empurrando-a. “Ele falou que ia continuar ali e continuou me empurrando. Quando meus amigos vieram pra cima dele, ele saiu. Ele subiu e começaram a xingar eu e minhas amigas. Machismo é pouco para definir”, declara.

>> Brasileirão 2019 na Turner; jogos com transmissão, canais, streaming, narração

Os responsáveis pela segurança se deslocaram ao local ao perceberem o movimento. No entanto, a situação não foi resolvida no momento. “O estafe simplesmente foi embora. Continuamos ali o resto do jogo e eles continuaram xingando. Só a hora os homens voltaram que eles saíram de lá”, conta a torcedora.

>> Sem Globo, Turner e Premiere, 52 jogos do Brasileirão 2019 são excluídos da TV

Fernanda relatou os acontecimentos logo após a partida, em sua conta no Twitter. O Athletico respondeu às postagens dizendo que iria repassar os relatos para os responsáveis pela segurança.

Procurado pela reportagem, o clube informou que não irá se posicionar sobre a situação. Segundo Fernanda, o Furacão entrou em contato através de uma mensagem privada se prontificando a utilizar as imagens para identificar os torcedores e caso forem sócios, seriam punidos pelo clube.

A advogada aguarda receber as identificações dos agressores para tomar as medidas cabíveis. “Por mais que eu conheça que não vá muito pra frente, eu não sou a primeira e nem serei a última a ser agredida no estádio. Vou esperar as imagens e vou abrir um BO por injuria e agressão”, finaliza Fernanda.

/ra/pequena/Pub/GP/p5/2019/03/15/Esportes/Imagens/Vivo/IMAGEM BOA.jpg

***

Notícias do Athletico

Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer no Paranaense, Libertadores, Brasileirão, Recopa, Copa Suruga, Copa do Brasil e até alguns dos piores momentos dos rivais – assim como vídeos e fotos exclusivas de jogos e treinos. Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós na lista de transmissão de notícias do Furacão. Seja bem-vindo ao nosso grupo!

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>