i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
brasileirão

Atlético faz melhor campanha do Brasileirão desde que Soares assumiu o time

Nas 10 rodadas em que o treinador dirigiu a equipe à beira do gramado, Furacão ostenta maior número de pontos entre as 20 equipes da disputa

  • PorDaniel Malucelli
  • 19/09/2017 18:47
Fabiano Soares dirigiu a equipe por 10 vezes no gramado. | Albari Rosa/gazeta do povo
Fabiano Soares dirigiu a equipe por 10 vezes no gramado.| Foto: Albari Rosa/gazeta do povo

O Atlético tem a melhor campanha do Brasileirão desde que o técnico Fabiano Soares assumiu o comando efetivo da equipe à beira do gramado. Em 10 rodadas, o Furacão soma 18 pontos e aproveitamento de 60%, com cinco vitórias, três empates e duas derrotas. O crescimento de produção fez o clube saltar de 16 para 34 pontos, deixando a zona de perigo e postulando uma vaga na Libertadores.

TABELA: Veja a classificação e os jogos do Brasileirão

O Palmeiras tem o mesmo retrospecto que o Rubro-Negro nos últimos 10 jogos, mas perde no saldo de gols (cinco contra oito). Mesmo o líder isolado Corinthians tem campanha abaixo do Atlético, com 17 pontos somados no período.

Fabiano Soares estreou no Atlético no dia 20 de julho, empate com o Botafogo na Arena da Baixada, por 0 a 0, na 15.ª rodada do Nacional. No jogo anterior – empate contra o Corinthians –, Soares já estava contratado e montou a equipe ao lado do auxiliar Kelly, entretanto, por não estar regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, não dirigiu a equipe no gramado.

O bom retrospecto do momento contrasta com o início da trajetória do até então desconhecido Soares no Furacão. Já no segundo jogo à frente da equipe, o técnico enfrentou a ira da torcida depois de ser derrotado para a Ponte Preta na Baixada. Os jogadores saíram em defesa do comandante e o meia Nikão disse na época que “a torcida ainda iria aplaudir o Fabiano”.

O ponto forte do time com Soares é o crescimento da produção ofensiva, setor mais criticado pelos atleticanos. O futebol vertical apresentado já rendeu 15 gols em 10 jogos. Em comparação com o Atlético de Paulo Autuori e Eduardo Baptista, em 14 jogos do Nacional, o time havia balançado as redes 14 vezes.

O aproveitamento do técnico reduz para 50% contabilizando as derrotas para Grêmio e Santos, na Copa do Brasil e Libertadores, respectivamente. A ressalva é que em ambas as competições, o Furacão jogava em situação desfavorável porque já havia perdido os jogos de ida sob o comando de Baptista.

Na 8.ª posição, o Atlético segue na cola do G6 e enfrenta o Santos, sábado (23), às 21h, na Vila Belmiro, pela 25.ª rodada do Brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.