Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Atlético-PR
  4. Atlético se classifica nos pênaltis e está na semifinal da Sul-Americana

sul-americana

Atlético se classifica nos pênaltis e está na semifinal da Sul-Americana

  • Daniel Malucelli
Time rubro-negro corre para comemorar a classificação após a decisão por pênaltis. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Time rubro-negro corre para comemorar a classificação após a decisão por pênaltis. Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Com sofrimento e emoção, o Atlético avançou para a semifinal da Copa Sul-Americana. Depois de perder no tempo normal por 1 a 0, o Furacão venceu nos pênaltis por 4 a 1, na noite desta quarta-feira (31), na Arena da Baixada.

Jonathan, Raphael Veiga, Lucho e Pablo acertaram as cobranças. Já o o ex-atleticano Vinícius parou no goleiro Santos e Zé Rafael isolou a cobrança.

>> TABELA SUL-AMERICANA 2018: confira os resultados e próximos jogos

O adversário será o Fluminense já na próxima semana, em Curitiba, com data e horários a serem confirmados.

Chegar às semifinais representa mais US$ 550 mil (aproximadamente R$ 2 milhões) nos cofres rubro-negros. Já se alcançar a final, a premiação pelo título é de US$ 2,5 milhões (R$ 9,25 milhões). O Furacão já recebeu US$ 1,375 milhão (cerca de R$ 5 milhões).

Veja imagens do jogo, no registro de Albari Rosa:

O jogo

Depois de uma recepção fervorosa na chegada do time ao estádio, o Furacão entrou nervoso em campo diante de 21 mil pessoas. Erros de passes e chutões incomuns, principalmente pela marcação alta do Bahia, deixavam a torcida apreensiva.

Antes de abrir o placar, o Tricolor baiano ainda teve um gol anulado aos 16 minutos do primeiro tempo após o árbitro marcar falta de ataque. Mas já nos acréscimos, aos 46 minutos, no último lance antes do intervalo, o zagueiro Douglas Grolli desviou o chute após uma cobrança de lateral e acabou com a vantagem atleticana.

Leia também: “Desculpa de cego é bengala”, rebate jogador do Atlético após ‘choro’ do Bahia

No segundo tempo, o time de Tiago Nunes abafou o adversário no embalo da torcida. Mas faltou calma e pontaria. Pablo chutou para fora. Paulo André bateu desajeitado. Mas o Rubro-Negro não conseguiu nenhuma chance real de gol na etapa final e o jogo foi para os pênaltis, encerrando assim a sequência de 13 jogos sem perder do Furacão na Arena da Baixada.

Nos pênaltis, no entanto, prevaleceu a melhor qualidade rubro-negra, para a festa dos 21.977 pessoas na Arena da Baixada.

Veja imagens das cobranças de pênalti e comemoração, no registro de Albari Rosa:

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Atlético-PR x Bahia

***

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE