Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

brasileirão

Com slogan de Bolsonaro, Petraglia promete engajar Atlético ‘por amor ao Brasil’

  • Gazeta do Povo
Mario Celso Petraglia: Furacão de amarelo. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Mario Celso Petraglia: Furacão de amarelo. Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Atlético-PR se manifestará novamente neste Brasileirão em relação ao cenário político do país.

No último sábado (6), mesmo sem autorização da CBF, os jogadores do Furacão entraram em campo antes da partida contra o América-MG, na Baixada, com uma camisa amarela com a frase “Vamos todos juntos por amor ao Brasil”, fato que foi visto pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) como alusão ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Neste sábado, Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, prometeu reforçar o que chamou de ato político, não partidário.

Leia >> Justiça não deve punir Atlético por ato pró-Bolsonaro, mas por insubordinação

Leia >> Braço direito de Bolsonaro propõe extinção das torcidas organizadas

“Como sempre a imprensa despreparada e tendeciosa da nossa aldeia contina a criar versões e factóides! A entrada em campo com a camisa amarela não foi um ato partidário, foi um ato político de amor ao Brasil! Como aquele teremos outros! Brasil acima de tudo”, escreveu no Facebook, em referência ao slogan do candidato do PSL.

A reação dos seus seguidores nas redes sociais não foi totalmente receptiva, pelo contrário. Muitos reprovaram misturar futebol e política, além do alinhamento do clube com a opinião pessoal do dirigente. Uma boa parcela, no entanto, aprovou (ver aqui).

A procuradoria do STJD pretende denunciar o Atlético pela polêmica ação sem autorização da entidade que rege o futebol nacional.

Presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, que já anunciou seu apoio pessoal a Bolsonaro nas redes sociais, admitiu que o clube deve ser multado.

Leia >> Agora Bolsonaro, Atlético-PR e Petraglia já se aliaram a Lula e PT

Na quinta, feira, ao ser questionado se seguiria com a estratégia, respondeu via WhatsApp à Gazeta do Povo: “Não! Agora só temos dois candidatos. Antes apoiamos o Brasil Democracia”, argumentou o dirigente.

No duelo contra o América-MG, apenas o veterano zagueiro Paulo André não vestiu a camisa amarela . Ele vestiu um agasalho preto do clube por cima dela. Antes, o jogador já havia assinado o manifesto Democracia Sim, ao lado de outras 332 personalidades do país, contra o candidato Bolsonaro.

Leia >> Desserviço ao país punir o Atlético por ser patriota’, diz articulador de Bolsonaro

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/10/13/Esportes/Imagens/Vivo/BOA.jpg

Grupo de WhatsApp do Brasileirão 2018

O Brasileirão 2018 no seu celular. Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer no Campeonato Brasileiro. Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós no Brasileirão 2018!!! Seja bem-vindo ao nosso grupo!

**

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE