Photo by Philippe HUGUEN / AFP
Photo by Philippe HUGUEN / AFP| Foto: AFP

Com um gol de Marta, o Brasil venceu a Itália por 1 a 0, na tarde desta terça-feira (18), no estádio Stade du Hainaut, em Valenciennes, na França, e confirmou sua classificação as oitavas de final da Copa do Mundo feminina. Com o gol, a camisa 10 brasileira tornou-se a maior artilheira da história das Copas, superando o alemão Miroslav Klose, agora com 17 gols.

O resultado, junto com a vitória da Austrália por 4 a 1 contra a Jamaica no outro duelo do Grupo C, deixou o Brasil na terceira posição, com quatro pontos, perdendo para Itália no saldo de gols e Austrália no número de gols marcados. Desta forma, a seleção conseguiu a classificação entrando como um dos melhores terceiros colocados. Assim, o time de Vadão vai pegar França ou Alemanha nas oitavas.

TABELA: Veja a classificação e os próximos jogos da Copa América

A partida foi bastante equilibrada. O Brasil teve chances importantes em bolas paradas. Após cobrança de escanteio, Debinha desviou de letra, mas a goleira Laura Giuliani salvou. Em um outro escanteio, Marta quase marcou um gol olímpico, que novamente a camisa 1 da Itália salvou.

A Itália respondeu com Girelli, que marcou, mas estava em posição de impedimento. E com Bonansea, que apareceu livre na área, mas a goleira Bárbara salvou.

Na etapa final, o Brasil voltou melhor e pressionou as italianas no campo de ataque. Andressinha acertou o travessão em cobrança de falta. Mas coube a rainha Marta decretar a vitória brasileira após cobrança de pênalti, aos 29 minutos.

A camisa 10 se tornou a maior artilheira em Copas do Mundo e, na comemoração, novamente apontou para sua chuteira em protesto pedindo igualdade nos valores de patrocínios entre homens e mulheres.

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.