Rio - Assim como outros métodos de treinamentos não muito convencionais utilizados pelo técnico Roberto Fernandes, a "punição" sofrida pelo meia Jairo, do Figueirense, que foi obrigado a usar uma camisola durante um treino ganhou bastante repercussão. O treinador, porém, negou que a ideia tenha partido dele.

"É uma brincadeira dos jogadores. No rachão que antecede o jogo são eleitos o melhor e o pior, sendo que o melhor recebe uma premiação e o pior tem que pagar um mico", explicou.

O jogador aceitou a brincadeira. "É o castigo de quem for o pior jogador do treino, mas o Roger me sacaneou com aquele vestidinho", disse Jairo, conformado.

Até mesmo o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) falou do caso. César Britto considerou o ato um "abuso moral". Ele também alertou que as regras de dignidade humana valem também para os jogadores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]