Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma multidão alegre e barulhenta, aproximadamente cinco mil pessoas, na estimativa da Polícia Militar, acompanhou na tarde deste domingo (20) a vitória da seleção brasileira no telão gigante instalado pela prefeitura na "Boca Maldita" na Rua XV de Novembro, em Curitiba.

O povo aproveitou o domingo de sol para torcer pela seleção e se divertir. "A gente vem para torcer junto, conhecer gente" explica a estudante Rebeka Ribeiro.

Além da galera, quem comemorou foram os vendedores ambulantes principalmente os de vuvuzelas. As cornetas definitivamente caíram no gosto do torcedor brasileiro e formavam uma orquestra que só dava uma trégua nos momentos em que o Brasil marcava um gol. O técnico em confecção Ari Edmundo Flach, , aproveitou para filmar a movimentação. "É gostoso ver o povo na rua. Comemorar junto é muito melhor".

A nota triste foi a agressão sofrida por Carlos Odenir Valença Junior, de 32 anos, minutos depois do final do jogo. Segundo informações preliminares do capitão da Polícia Militar Márcio Cruz, a vitima estaria urinando ao lado relógio da Rua XV quando foi repreendido por Allan J.F. Nepomuceno, de 20 anos, que estava acompanhado da mãe e se sentiu ofendido. Os dois discutiram e Nepomuceno golpeou Valença Jr. na cabeça com um pedaço de madeira. Atendido pelo Samu ele foi encaminhado ao Hospital Evangélico. O agressor foi preso e está detido na delegacia do 1.º distrito.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]